Gladson Cameli promete usar força policial contra atos antidemocrático

Para o público interno, Gladson Cameli não falou nada sobre a convocação para os atos de amanhã no Acre e pelos demais estados brasileiros.

Sem explicação, o governador determinou que a bandeira do Acre fosse substituída pela do Brasil, em vários pontos da capital.

Mas, para a imprensa nacional, Cameli falou grosso.

Ao jornal O Globo, o governador do Acre declarou: “Caso haja alguma identificação de não manutenção da ordem pública, as medidas serão adotadas para evitar, com força policial, atos não democráticos”.

Segundo a reportagem, às vésperas da manifestação do dia 7 de setembro, governadores pelo Brasil se preparam de diferentes formas para a possibilidade de policiais militares participarem dos atos a favor do presidente Jair Bolsonaro.

Levantamento do GLOBO com os 26 governos estaduais e mais o Distrito Federal revela que oito chefes de executivo se comprometem a punir oficiais e praças que participarem das manifestações.

Dez governadores não deixam claro nas respostas quais serão as suas condutas; dois afirmam que seus regimentos preveem a ida aos atos desde que sem farda; e sete não responderam ao questionamento.

Veja a matéria completa aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami