Emenda de R$ 126 milhões para a Santa Casa merece ser investigada pelos órgãos de controle federais

Os órgãos de controle federais têm a obrigação de verificar como R$ 126 milhões serão aplicados na Santa Casa da Amazônia, que um dia foi chamada de Santa Casa de Misericórdia.

Isso é o mínimo a ser feito para que não paire qualquer dúvida.

Essa investigação se faz necessária para que venha à luz se houve ou não legalidade na alocação de emenda parlamentar feita pelo senador Marcio Bittar (MDB) para fazer investimentos na unidade de saúde.

Bittar é relator do Orçamento da União, é o detentor do controle do chamado orçamento secreto.

Semana passada, a população acreana foi pega de surpresa com um investimento tão vultoso numa unidade de saúde particular, quando as unidades públicas no Estado e nos municípios se ressentem do básico para funcionar.

É de domínio público que a Santa da Casa de Misericórdia foi à falência, que teve os seus bens indo a leilão para pagar dívidas com funcionários. Será que, de repente, tudo foi normalizado?

Há muitas histórias escondidas, que precisam vir à tona.

Segundo fonte deste Portal, toda trama passa pela Santa Casa do Amazonas, que, não faz, muito tempo, foi à leilão também para arcar com despesas junto ao Fisco e a funcionários.

Ninguém é culpado de nada, até que haja prova ao contrário. Por isso, é importante a investigação.

Na solenidade pomposa do lançamento da pedra fundamental da “nova Santa Casa” vários políticos estiveram presentes, rasgando elogios ao “proprietário” do hospital José Alex.

José Alex foi deputado federal, assumiu na vaga de Hildebrando Pascoal, que perdeu o mandato em setembro de 1999, sob a suspeita de mandar executar desafetos por meio de motosserra.

Alex, há pouco tempo, foi considerado foragido da Justiça. Ele fora condenado a 13 anos de prisão por ter falsificado o certificado de um curso nunca feito em Brasília, em 1999.

Foi interessante ver o vice-governador Wherles Rocha e os senadores Sérgio Petecão (PSD) e Marcio Bittar aplaudirem os feitos de Alex.

Essa turma diz ser contra todos os tipos de irregularidades.

Certamente defendem uma apuração na forma como os recursos serão aplicados.

Ano que vem haverá eleição. Comenta-se nos bastidores que a esposa de Marcio Bittar, a senhora Márcia Bittar, terá muito dinheiro para disputar uma vaga no Senado.

É bom verificar a origem dessa grana.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami