Acre está em último lugar no ranking de transparência de gastos com a Covid-19

Acre está em último lugar no ranking de transparência de gastos com a Covid-19

Transparência internacional aponta Rio Branco com uma das primeiras colocadas

Ser transparente não é o forte do governo Gladson Cameli.

As coisas, quase sempre, são feitas de maneira cabulosa e sem expressar a veracidade dos fatos.

Sorte da sociedade é que há instituições que acompanham os movimentos dos governos e trazem as coisas ao conhecimento do público.

Uma dessas instituições é a organização não-governamental Transparência Internacional.

De 24 a 31 de agosto, a Transparência Internacional avaliou como os portais de transparência dos 26 estados, Distrito Federal, das capitais e do governo federal trazem informações sobre contratações emergenciais, doações e medidas de estímulo econômico e proteção social, durante a pandemia da Covid-19.

A escala vai de 0 a 100, em que os mais transparentes são aqueles que mais se aproximam da nota máxima.

O resultado do governo é lamentável. O Acre aparece na 26ª colocação, classificado como ruim, com apenas 38 pontos.

Na contramão do governo, cujo governador é aliado da prefeita Socorro Neri, a prefeitura de Rio Branco surge na 5ª posição, com 98 pontos, na classificação de ótimo.

Segundo a Transparência Internacional, além de prejudicar o atendimento básico de saúde, a corrupção pode afetar também as tentativas dos governos de estimular a economia e ajudar as famílias em situação vulnerável.

“Por isso, desde 1º de setembro, demos um passo além em nossa cobrança por transparência. Além de adotar critérios mais rigorosos, passamos a acompanhar também doações, programas de estímulo econômico e medidas de proteção social”, diz texto publicado no site.

Essa posição do governo merece uma apuração mais aprofundada dos órgãos de controle, principalmente Tribunal de Contas e Ministério Público, para apurar como o recursos públicos estão sendo efetivamente gastos.

A entidade é formada por colaboradores e colaboradoras que trabalham no apoio e mobilização da sociedade civil, produção de conhecimento, conscientização e comprometimento de empresas e governos com as melhores práticas globais de transparência e integridade, entre outras atividades.

Ela atua para dar transparência às informações que ficam na sombra. Pesquisa, interpreta e divulga os fatos. “Trazemos conhecimento para enriquecer o debate e ajudar a sociedade e as instituições a exercerem seu papel na luta contra a força destrutiva da corrupção, que gera injustiça e desigualdade. Fazemos isso respeitando os direitos, sem cair numa atitude cega e intolerante”.

Veja a publicação aqui.

Leonildo Rosas

Related Posts

Prefeita Socorro Neri e conselheiros inspecionam almoxarifado da Seme

Prefeita Socorro Neri e conselheiros inspecionam almoxarifado da Seme

Prefeitura de Rio Branco lança Portal da Transparência Covid-19

Prefeitura de Rio Branco lança Portal da Transparência Covid-19

Prefeita Socorro Neri pede que MPF e MPE auditem compra de álcool gel

Prefeita Socorro Neri pede que MPF e MPE auditem compra de álcool gel

No Comment

Deixe uma resposta

Colunistas

Encontre-nos

Endereço
Av. Paulista, 123456
São Paulo, SP, CEP: 01311-300

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h