Vazou no WhatsApp: No governo da balbúrdia, assessores apagam fogo com gasolina

Uma foto vazada, supostamente, envolvendo dois militares do Corpo de Bombeiros do Acre está circulando pela internet e dando o que falar. O caso estaria sendo apurado pelo Comando a fim de se constatar os possíveis desvios de conduta de integrantes da corporação. A polêmica é grande, mas no interior do governo estaria sendo tratada com brincadeiras pejorativas, piadas e pouco caso.

Em um grupo do aplicativo WhatsApp formado por assessores do governo, jornalistas nomeados por Gladson Cameli para cuidarem da imagem governamental debatem o caso jocosamente, expondo de forma vexatória a corporação, seus integrantes, o governo estadual e, por consequência, o próprio governador que, mais uma vez, encontra-se fora do Acre – desta vez em viagem para Nova Iorque, nos Estados Unidos.

A discussão começa quando o blogueiro Altino Machado, diretor executivo na comunicação estatal, coloca um link de uma matéria jornalística no grupo denominado “Assessoria do CBMAC”- Corpo de Bombeiros Militar do Acre – e sentencia que “o quartel pegou fogo”. Em seguida, ele continua escrevendo e se diz surpreso. “O que me intriga é a foto tirada por um terceiro participante”, provoca o blogueiro oficial.

A matéria apresentada por Altino Machado diz respeito a uma foto onde um bombeiro militar, supostamente da corporação acreana, pega nas partes íntimas de um oficial do CBMAC dentro de um carro, que seria uma viatura da corporação. Outra integrante da comunicação estadual, Lília Camargo, dá sequência ao debate no grupo. “Bombeiro privilegiado”, comenta a jornalista. Em seguida, o diretor da Aldeia FM, Jairo Carioca, pergunta se, então, trata-se de um “triangulo amoroso”.

Diante das brincadeiras de gosto duvidoso, a também jornalista Rose Lima questiona a postura dos comunicadores de Gladson Cameli. “Interessante são assessores que deveriam minimizar as coisas e são os primeiros a sacanear e ficar de piadinha. Esquecem que a instituição é TAMBÉM governo e vira chacota”, completou.

Antes disso, Altino Machado fez um pedido, no mínimo curioso, aos integrantes do grupo de assessores do CBMAC. “Deem zoom nas fotos. Impressionante a firmeza daquela mão forte no manche”, solicitou o diretor ao também relatar com minúcias a referida imagem.

Rose Lima finaliza sua reclamação dizendo que “gosto não se discute. Mas poderiam pelo menos se deliciar em outros grupos, pq no grupo da própria instituição chega a ser falta de respeito”.

Gladson Cameli, que antes de ir aos Estados Unidos viajou para a Europa com o argumento de comprar caminhões para o Corpo de Bombeiros, em seu retorno ao Acre terá mais esse incêndio para apagar.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami