Um das primeiras medidas do secretário de Produçao de Gladson foi pôr técnicos da Sepa e Emater para ver o Globo Rural

Edvan Maciel não ficou para ver o programa; saiu dizendo que não gosta de filme repetido

Técnicos da Secretaria de Produção e Agronegócios (Sepa), bem como da Emater, iniciarem a semana sendo convocados pelo secretário Edivan Maciel para uma reunião no auditório.

Ficaram animados, pois acreditaram que tomariam conhecimento dos planos e estratégias do governo Gladson Cameli para a produção rural acreana.

Ficaram frustrados.

Maciel não falou nada sobre os seus projetos, muito pelo contrário.

O objetivo da reunião era para que os técnicos assistissem ao programa Globo Rural, exibido no último domingo, dia 5.

Tratava-se de uma edição especial de 40 anos do programa, que aborda o futuro da agricultura brasileira.

A equipe do Globo Rural conheceu fazendas conectadas, mostrou o uso da nanotecnologia no setor e as deficiências da internet no campo. E muito mais sobre o futuro da atividade rural.

Não tem um caso do Acre.

Embora tenha dado tanto valor, o secretário não ficou para assistir o programa com os técnicos. Limitou-se a dizer: “Vou sair porque não gosto de ver filme repetido”.

A declaração de Maciel deixou os técnicos pasmos. Ficaram como se não acreditassem no que ouviam.

Parece que Gladson Cameli repete o filme na escolha do gestor para uma pasta tão importante.

2019 foi um ano perdido para a produção. O governador apostou no empresário de cemitério Paulo Wadt para “rondonizar” o Acre.

As pretensões de Wadt foram enterradas quando trombou com fazendeiros e os seus padrinhos político, o vice-governador Wherles Rocha e a sua irmã, a deputada federal Mara Rocha.

O que Maciel pretende não está claro. Mas ele poderia ao menos ter providenciando o milho para a pipoca dos trabalhadores que foram obrigados a assistir o seu programa favorito.

Fica a dica para as próximas sessões da tarde.

https://globoplay.globo.com/v/8213427/

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami