TV Espinhosa – Um governador que diz não precisar de política e não cumpriu uma promessa de campanha pode pensar em reeleição?

Olá, meu amigo e amiga que gosta de assistir à TV Espinhosa!

Tudo bem com você?

Comigo, apesar de continuar com a conta bloqueada pelo Gladson Cameli, estou vivo e ativo.

Obrigado aos amigos quem têm sido solidários.

E quero permanecer vivo por muitos anos.

A TV Espinhosa hoje está bem espinhosa.

Vou falar sobre uma cara que diz não precisar de politica, mas só pensa em politica.

De um rapaz que não cumpriu uma promessa feita na campanha, mas já fala em reeleição.

Vamos ver isso e muito mais na TV Espinhosa?

Antes, peço que curta e compartilhe tanto no Facebook quanto no YouTube.

No YouTube, além de se inscrever, peço que ative o sininho para receber notificações.

Essa TV Espinhosa e o Portal de Rosas não têm patrocinadores.

Sobrevivem de doações de quem acredita num jornalismo combativo e verdadeiro.

Se puder, colabore!

A chave Pix está disponível no seguinte endereço eletrônico: www.portaldorosas.com.br.

Vamos lá?

Vamos imaginar o seguinte: você não precisa da política.

Ora, se não precisa, o que você faria?

O normal seria se manter longe da política e dos políticos, correto?

Mas isso não é o que ocorre com o governador do Acre, o rapaz Gladson Cameli.

Reiteradas vezes, ele abre a boca para dizer que não precisa da política, embora não tenha feito outra coisa há mais de uma década e meia.

Continuo dizendo que é a boa politica, a feita com seriedade e verdade, é que não precisa dele.

Agora, eu vou fazer outra provocação.

Com quase dois anos e meio de mandato, você consegue encontrar uma promessa feita em campanha por Gladson Cameli que foi cumprida?

Eu até me esforcei, mas não achei.

Nem despetizar a estrutura governamental ele conseguiu.

Ora, se o cara não gosta de política e não conseguiu cumprir uma promessa, com que moral diz que pretende ser reeleito?

Não seria o caso de ele pelo menos começar o primeiro mandato.

Sim, porque, até agora, o primeiro mandato de Gladson Cameli não começou.

Ou melhor dizendo: começou para quem gosta de rolo, de corrupção.

O negócio é tão escancarado, que o próprio vice-governador veio a público dizer que o governo está mergulhado num lamaçal de corrupção.

Ele diz e prova.

Falta os órgãos de controles fazerem o que devem.

O que tenho visto é um governador isolado a cada dia, que se cerca de bajuladores e incompetente.

Um governador que prometeu e mentiu muito.

Um governador, que cedo ou tarde, pagar pelas promessas não cumprida e pelas mentiras ditas.

Até mesmo em Cruzeiro do Sul, o seu berço politico, tem perdido apoio e base. Tem derretido.

Numa tentativa meio desesperada, faz uma aproximação com o MDB.

O problema é que se aproximou do MDB sem voto.

O MDB com voto parece querer maior proximidade com o senador Sérgio Petecão, que está colocando para moer rumo ao Palácio Rio Branco.

Ainda há um ano para alguma coisa ser feita.

A partir de abril do próximo ano, a sucessão começa.

Se não precisa da politica, saia da politica, governador!

Aproveite o tempo que lhe resta para cumprir ao menos uma promessa feita em campanha.

É o que o povo quer.

Se eu fosse o Gladson, antes de dizer que não precisa de política e que pretende concorrer a um novo mandato, eu ficaria roxinho de vergonha.

Roxinho, entendeu?

Vida que segue.

Gostou dessa TV Espinhosa?

Curta e compartilhe.

Siga o Portal do Rosas no YouTube e ative o sininho para receber notificações.

Ajude a manter esse canal independente vivo, ativo e afiado.

Colabore com a nossa campanha de apoio.

O espinhoso aqui agradece.

Tchau e até a próxima com cheiro de Rosas.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami