TV Espinhosa – Sobre covid-19, promessas de campanha, burocracia e “burrocracia”

 

Todo governante teria vergonha de, no fim do terceiro ano de mandato, vir a público assumir que não cumpriu nem cinquenta por cento dos compromissos assumidos em campanha.

A vergonha seria ainda maior se até o percentual exibido fosse fake, mentira.

Mas o governador Gladson Cameli e a sua equipe não têm pudor de passar vergonha.

De faltar com a verdade diante dos holofotes.

Para tentar ludibriar a população e passar a imagem de que há realizações, anunciaram um portal de monitoramento dos feitos governamentais.

A maioria das coisas é irreal, briga com os fatos e as fotos.

Há, é claro, uma explicação para isso: o calendário eleitoral.

A TV Espinhosa está no ar.

Não foi à toa que, nos últimos dias, Gladson Cameli voltou a falar sobre a covid-19.

A falação não é preocupação com a variante ômicron.

É outra coisa: voto.
Vou explicar.

Se tem alguém interessado na manutenção do assunto covid na pauta, esse alguém é o governador.

Com a contaminação pelo vírus sobe controle, ele perde o maior aliado para esconder a incompetência de um governo que usou e abusou da situação causada pela pandemia.

Embora não tenha feito nada de extraordinário, pois prometeu e não trouxe uma gota de vacina além do previsto pelo Plano Nacional de Vacinação, o governador foi vendido como um gigante durante a pandemia.

Alguém sabe onde foi parar um milhão de doses de vacina prometido pelo governador?

Onde estão os cento e treze milhões de reais que seriam destinados para a compra das benditas vacinas?

Sem máscara, Gladson quer manter o debate do vírus vivo.

Esse é motivo de ter adotado algumas medidas recentemente.

Esse é a razão de ter apresentado o portal de monitoramento fake.

A verdade tarda, mas não falha.

É simples ver o que foi ou deixou de ser realizado pelo governo nos últimos três anos.

Basta andar pelo Acre.

Basta ver a quantidade de desempregados e pedintes nas ruas das nossas cidades.

A realidade é que, sem a proteção da covid-19, Gladson Cameli terá que mostrar algo a mais.

E esse algo a mais não existe.

A ausência de governo será cobrada, Gladson Cameli pode esperar.

Até agora, ele teve certa tranquilidade porque há uma imprensa amarrada pelas benesses do erário, conta com um exército nas redes sociais, com os órgãos de controle leniente e com uma oposição ineficiente.

Gladson Cameli não foi combatido eficientemente.
Essa ineficiência permitiu que voasse em céu de brigadeiro.

Como pode, um homem que foi à televisão dizer que, em razão de ter contraído a Covid-19 se esqueceu das promessas de campanha, vir agora, com toda desfaçatez, renovar as promessas.

Veja esse vídeo e tire as conclusões:

Ele é sabido, aposta sempre no esquecimento dos eleitores.

Eu teria vergonha de dizer que executei menos de cinquenta por cento do que prometi.

Mas tem gente que não paga nem promessa a santo.

Gladson Cameli deve ser desse naipe.

Sempre que precisou explicar a sua pouca aptidão para o cargo que ocupa, Gladson arranjou um culpado.

Teve um período em que chamou os seus subordinados de incompetentes.

Também criticou a falta de projetos, embora o seu governo já tenha gasto milhões de reais para empresas fazerem os benditos projetos.

Continua se escondendo na pandemia para alegar que não fez mais por causa do vírus.

Esta semana, na apresentação da do tal portal de monitoramento, atacou a burocracia.

Olha, tenho certeza que o problema não é a burocracia.

É a burrocracia.

Isso mesmo: BURROCRACIA.

=====

Essa vai doer

Quando eu digo que o portal de monitoramento é fake, não falo sem base.

Li algumas das promessas apontadas como cumpridas.

Numa delas é dito que corrupção zero virou programa de governo.

Ora, não roubar e não deixar roubar é condição básica para qualquer governante.

É o que é pior: o governo Gladson Cameli está atolado num lamaçal de corrupção.

Quem diz isso é o próprio vice-governador.

As evidências de enriquecimento ilícito de ocupantes de cargos no governo são grandes.

Vários casos vieram a público e outros podem boiar do lamaçal.

Basta que os responsáveis saiam da inércia e passem a investigar.

Fui!!!

Vida que segue.

Se quiser e puder, ajude o Espinhoso a se manter na luta.

A chave pix está no final do vídeo e na primeira página do portaldorosas.com.br.

Tchau, forte abraço e um cheiro do Rosas.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami