TV ESPINHOSA – Pagamentos de precatórios, aquele que pode ser o maior esquema no governo foi denunciado e está sob investigação

Olá! Bom dia, boa tarde, boa noite.

Gente, vamos colocar as coisas para girar?

Muitas foram as denúncias feitas contra o governo Gladosn Cameli até agora.

A maioria pelo Espinhoso que vos fala.

Pessoas já foram presas.

Mas aquele que pode ser maior de todos os esquemas ainda está em apuração.

Envolve gente poderosa em todos os poderes…

Vamos falar sobre isso?

A TV Espinhosa, com mais espinhos do que Rosas, está no ar.

Meu amigo, minha amiga, você sabe o que é precatório? 

Precatório nada mais é do que o reconhecimento judicial de uma dívida que o ente público tem com o autor de uma ação, seja ele pessoa física ou jurídica.

Ficou claro?

O rolo grande do qual falei pode estar ai.

Até o último levantamento feito por este Espinhoso, o governo Gladson Cameli pagou cerca de cento e setenta milhões de reais em precatórios.

É muito dinheiro, não é?

Esse montante, por exemplo, daria para praticamente construir o anunciado centro administrativo do Estado, que custaria duzentos milhões de reais.

O governo não admite, mas o centro administrativo é página virada. 

Não será feito.

Voltemos aos precatórios.

O montante  e as transações para os pagamentos serem efetuados chamou a atenção de um ex-procurador-geral do Ministério Público Estadual.

Esse ex-procurador montou um robusto dossiê e levou à Polícia Federal.

Como se trata se verba de fonte 100 e não envolve recursos federais, a investigação foi parar na Polícia Civil.

As investigações estão no âmbito estadual, mas os federais seguem de olho.

Olha, segundo fonte desse Espinhoso, o esquema envolve membros do governo, presidentes de entidade poderosas e até do Judiciário.

Seria, segundo a fonte, algo escabroso, que envolveria, também, escritório de advocacia laranja.

Um dos denunciados teria muito dinheiro em paraísos fiscais.

Sabe-se que o denunciante é tinhoso, que vai acompanhar as coisas de perto.

A sociedade espera que as investigações venham a público e que os envolvidos, que são poderosos, não tenham a complacência da omissão dos seus nomes.

O vice-governador Wherles Rocha disse uma vez que o governo do qual faz parte está mergulhado no lamaçal de corrupção.

Esse é um assunto que ele, por ser um dos chefes da Polícia Civil, poderia mergulhar.

Cento e setenta milhões de reais e eu quebrado aqui.

E a vida segue.

E eu não tenho precatório para receber.

Só uma tal verba rescisória que vejo cada dia mais distante todas as vezes que dou esse tipo de espinhada.

Gostou desta TV Espinhosa?

Curta e compartilhe tanto no Facebook quanto no YouTube.

No YouTube ative o sininho para receber notificações.

Se quiser e puder colaborar para o  Portal se manter vivo e ativo, a chave PIX está aqui embaixo. 

O Espinhoso aqui agradece.

Tchau e forte abraço com cheiro de Rosas.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami