TV Espinhosa – Olhem os sinais: o problema da Covid-19 vai se agravar

Olá!

Vamos espinhar?

Meus amigos, olhemos os sinais.

Um sinal claro é o que a situação da Covid tende a se agravar nos próximos dias ou meses.

O melhor remédio permanece sendo evitar aglomeração, bem como o uso de máscara e álcool em gel.

Lamentavelmente, a vacina não chegará a todos no tempo que desejamos.
No mundo não há vacina para todo mundo.

O pior é que, às vezes, quem deveria informar, desinforma.
Tudo com o intuito de obter ganho político.

Setores da imprensa e o próprio governador continuam alimentando a história fantasiosa da compra de um milhão de doses da vacina.

É bom parar com essa lorota.

Gladson Cameli joga para a plateia, aposta na desinformação para obter aprovação popular.

O cômico, diante de uma tragédia anunciada, é que há até deputado de oposição rasgando elogios aos governador, que está fazendo muito menos do que deveria.

Vamos à realidade.
Mesmo que pretendesse comprar a vacina, Gladson Cameli não conseguiria.

Não tem onde nem de quem comprar.

Toda a produção do Instituto Butantan, local onde ele disse que foi tentar fazer a aquisição, é do governo federal.

A vacina, quando tiver, será distribuída pelo Ministério da Saúde, seguindo a proporcionalidade populacional de cada estado.

Essa é a regra.

Paremos de faltar com a verdade, por favor!

Esse um milhão de dose é obra ficção.

Para se ter ideia, o Brasil deverá ter em fevereiro quinze milhões de doses de vacina disponíveis.

São as vacinas Coronavc e AstraZeneca.

O quantitativo será destinado a todos os vinte seis estados brasileiros e mais o Distrito Federal.

Agora responda, há, em sã consciência, como imagina a chegada de um milhão de doses para o acreanos?

Será que estamos com essa moral toda?

Não, claro que não!

Anteriormente, eu sugeri que olhássemos os sinais.

A situação no Acre vai se agravar e muito.

Veja o que está acontecendo aqui ao lado, em Rondônia, que está em colapso.

Observe o desastre no Amazonas.

Se não houvesse o risco, o governador não estaria tão aflito.

A decisão do toque de recolher não foi obra do acaso.

Embora não seja divulgado, o Acre vive o início de um filme de terror.

Muitas mortes, que poderiam ser evitadas, estão ocorrendo.

Somente em um dia ocorreram três óbitos em um hospital particular.
Em uma semana, um jovem faleceu, o que leva a imaginar que uma nova variante mais mortal pode estar entre nós.

Antes de fazer rasgados elogios ao governador, os deputados de oposição e membros dos órgãos de controle deveriam escutar os relatos dos parentes que têm pessoas internadas no Into-Covid.

É uma tragédia.

Para se ter noção, há médicos que não sabem entubar um paciente.

E a situação não está pior porque, lá atrás, os governantes tiveram a visão de futuro e investiram na aquisição de usinas de oxigênios nas unidades hospitalares.

Sim, as usinas não são de hoje.

Iniciaram no segundo mandato de Jorge Viana e se intensificaram na gestão do seu irmão, Tião Viana.

Só que as usinas não estão em todas as unidades do Estado.

Esse é um grande problema.

A situação vai se agravar.
Olhem os sinais.

Há cerca de duas semanas, o governador cantou de galo dizendo que iria abraçar os irmãos amazonenses.

Hoje, ele faz uma acusação pesada.

Disse que estão mandando pacientes do Amazonas sem antes combinar.

Olha, que conhece a realidade sabe que o Acre sempre atendeu pacientes amazonenses.

Eles vinham sem ser convidados.
Como quis aparecer e fez o convite, Gladson abriu a porteira.

Quem não pode com o pote, não segura na rodilha.

Está chegando a hora da verdade.

Até agora, a Covid-19 foi a maior aliada de uma governador despreparado, desqualificado e sem projeto para o Estado.

Mas uma hora a verdade aparece.

Uma delas é que ele retornará de São Paulo sem a compra de um milhão de vacina.

Mas a sua imprensa paga vai continuar vendendo promessas.

Promessas essas que estão ludibriando até quem deveria fazer oposição de verdade.

Vida que segue.

Gosto desta TV Espinhosa?

Compartilhe para que possamos chegar mais longe.

Se não gostou, compartilhe também até para falar mal.

Tchau!

Forte abraço e até a próxima.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami