TV ESPINHOSA – Governador dorme, sonha e acorda pensando na reeleição, mas será que merece o segundo mandato?

Todo detentor de mandato tem o direito de concorrer à reeleição.

É assim no Executivo e no Parlamento.
No Executivo, a possibilidade de renovar o mandato é apena uma.

O governador do Acre não pensa noutra coisa.

Dorme, sonha e acorda pensando na reeleição.

Mas será que trabalhou para isso?

A TV Espinhosa está no ar.

O Portal G1 costuma acompanhar as promessas feitas em campanha dos prefeitos e governadores.

Foi apurado que, até agora, o governador Gladson Cameli cumpriu apenas dez, das sessenta e oito promessas feitas.

E já caminhamos para três anos de mandato…

Será quase impossível cumprir tudo o que foi prometido.

Mesmo assim, sem cumprir o que prometeu nas eleições de dois mil e dezoito, Gladson Cameli renova as promessas.

Chega até a brincar com as cobranças, como fez recentemente em Xapuri, quando confrontado por não ter enfiado uma estaca para a construção de uma sonhada ponte no município.

Limitou-se a dizer: “Pula, pula, pula para o lado de cá/pula, pula e passe a acreditar”.

É assim, tratando as coisas sérias com brincadeira que o governador vai enrolando à população.

Nesses primeiros anos ficou comprovado que cumprir a palavra não é o seu forte.

Ele vem usando a teoria da enrolatividade com sabedoria extrema e tem obtido relativo sucesso.

Sob o comando do atual governador, o Acre viu a miséria e o desemprego aumentarem.

Não há uma ação efetiva do governo em nenhum setor.

Falta obra, saúde, educação, segurança, agronegócio e honestidade.

Há muito tempo não se via tantas denúncias de esquemas de corrupção como na atual gestão.

O estado segue como um barco sem comandante.

Um avião sem piloto.

Infelizmente, a pandemia da Covid-19 encobriu toda a incompetência do governador e da sua equipe.

Só que uma hora a fatura será cobrada.
Gladson Cameli vive bradando que não precisa da política, embora esteja com mandato desde os 29 anos.

Continuo achando que a boa política é que não precisa dele.

É uma pessoa que se vende como popular, mas não passa de um Sérgio Petecão genérico.

Mas não há como negar: montado no legado do vazio de realizações, Gladson é forte para conquistar outro mandato.

Essa fortaleza está muito mais calçada na falta de coragem dos seus adversários do que na sua capacidade de governar.

Os opositores deixaram o governador correr solto na raia, não será fácil parar.
Dinheiro não vai faltar.

A entrada dessas empresas de outros estados não se deu de forma graciosa.

A não ser que as várias denúncias feitas pelo vice-governador Wherles Rocha surtam efeito e os órgãos de controle resolvam agir.

Que os adversários consigam mostrar à população que a construção política do governador tem base de gelo e pode derreter no calor da disputa.

Vou continuar na trincheira, defendendo o que é melhor para o Acre, pois, quando a gente luta só tem o risco de morrer, mas também tem o risco de viver com dignidade.

Sinceramente, será que merecemos mais quatros de Gladson Cameli?

Vida que segue.

Fui!!!

Forte abraço e o cheiro do Rosas.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami