TV Espinhosa – Governador do Acre volta a criar expectativa sobre vacinação em massa: será que combinou com o russos?

Sinceramente, não sei o governador Gladson Cameli é bobo ou se faz disso para melhor passar.

Depois de ficar bom da COVID-19 em tempo recorde, ele surge dizendo que irá oficializar a compra de dois milhões da vacina russa Sputnik V.

Será que é tão fácil assim?

Tenho certeza que não e vou explicar.Vamos ver isso na TV Espinhosa?
Antes, porém, peço que curta e compartilhe o vídeo.

Isso ajuda muito na divulgação.

Vamos lá?

Gladson Cameli volta a criar expectativa sobre a vacinação em massa no Acre.

Agora fala em comprar dois milhões de doses da vacina russa Sputnik V.
E ele nem tomou vodka.

Vou ler a declaração pouco responsável do governador:
“Na quarta, se tudo der certo, formalizaremos a compra de dois milhões de doses que eles têm a pronta entrega para imunizar toda a população do Acre”.

Se eu não soubesse o que está acontecendo, já iria preparar o braço, comemorar até tomando a bebida preferida dos russos.

O problema é que o governador faz um anúncio para inglês ver, sem combinar com os russos.

Com todo respeito: é muita falta de responsabilidade e respeito com a verdade.

Não existe essa de vacina para a pronta entrega. 
A Sputnik V, foi desenvolvida pelo estatal Instituto Gamaleya, de Moscou.
Ela  ainda não tem nem autorização para uso emergencial nem registro no Brasil, mas vem sendo aplicada na Rússia e em outros países, como a Argentina. 

Semana passada, um grupo de governadores e secretários de Saúde visitaram a  União Química, farmacêutica sediada em Brasília e que fabricará a Sputnik V no Brasil.

É fato que os governadores formaram um consórcio que, inicialmente, pretende comprar vinte milhões de doses.

Querem pressionar o governo federal, que pouco fez para imunizar à população brasileira.

Coordenador do consórcio, o governador do Piauí, Wellington Dias, disse que os governadores pediram à União Química que apresente um cronograma de produção de doses da Sputnik V ainda esta semana. 

A xpectativa da companhia é iniciar a produção industrial da vacina em abril.

Ao contrário do que declarou o governador do Acre, não há essa de vacina russa na prateleira para ele chegar lá e trazer.

Num momento complicado que vivemos, com os hospitais lotados, Gladson presta um desserviço ao fazer isso tipo de declaração.

Ele, aliás é pródigo nesse tipo de atitude.

Lembro perfeitamente quando foi a São Paulo dizer que compraria um milhão de doses da CoronaVac.

Não trouxe nenhuma agulha.

Se respeitasse a dor e a aflição da população, o governador pararia de criar esses factoides.

A Covid-19 não pode continuar servindo para enterrar a falta de ação de um governo, cuja omissão e falta de rumo veem sendo sepultadas por uma pandemia avassaladora.

Estamos há mais de dois estagnados e sem chances de avançar.

Infelizmente.

Vacina, governador, me dê que eu tomo.

Mas compre e anuncie depois.

Por enquanto o senhor só está anunciando.

Vida que Segue.Gostou dessa TV Espinhosa?
Curta e compartilhe.
O espinhoso agradece.
Forte abraço com cheiro de Rosas.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami