TV ESPINHOSA – Gladson é o maquinista de um trem da alegria que vai à COP-26 mostrar o vazio de política ambiental no governo do Acre

Há uma enxurrada de críticas à viagem que Gladson Cameli fará à Glasgow, na Escócia.

Sinceramente, não embarco nessa canoa.

Sou da opinião de que o governante deve viajar, desde que a viagem se justifique.

O próprio Gladson, no primeiro ano de mandato embolsou quase trezentos mil só em diária.

Ele gosta de avião e de viajar, principalmente com dinheiro público.
Isso é fato.

Em tese, a participação de um estado amazônico na Conferência do Clima é super importante.

Basta que o governante tenha preocupação e politica ambiental.

É ai que reside o problema.

A TV Espinhosa está no ar.

Gladson Cameli vai liderar um trem da alegria até a Escócia para apresentar o vazio de política ambiental do seu governo.

Cada um dos passageiros do trem embolsará mais de trinta e dois mil reais para passar mais de dez dias nas terras do coração valente.

A farra custará aos cofres públicos quase meio milhão de reais.

Até cerimonialista ganhou espaço num dos vagões.

Nunca um governador do Acre passou tanto tempo fora do Estado participando de uma COP.

E olha que os antecessores tinham o que mostrar.
Tinham politica ambiental.

Nunca, também, o Acre levou tanta gente numa comitiva internacional.

Participei dos dois mandatos de Tião Viana e viajei três vezes internacionalmente.
Fui alvo de diversas críticas.

Mas, no governo que participei, nunca recebemos as diárias a que tínhamos direito.
Éramos convencidos a assinar documento renunciado a maior parte.

Agora, parece que o Acre ficou rico.
Somente com os seguranças, o governador está fazendo um festival.

Tião Viana nem segurança levava.

Mas voltado ao objetivo do vídeo.

O problema de Gladson Cameli não é o que ele faz.
É o que ele não fez, não faz e nem vai fazer.

Gladson Cameli está pouco se lixando para as questões ambientais.
Isso é notório.

Vem falando de um tal de agronegócio sustentável, que nem ele sabe o diz.

Quem não lembra que uma das duas primeiras providências foi autorizar as queimadas?

Gladson nunca deu um pio contra o desmonte das instituições que defendem o meio ambiente.

E a omissão governamental não se restringe ao meio ambiente.

Até agora, com quase três anos de governo, Gladson não disse ao que veio.

Não fez nada importante em nenhum setor.

Em campanha permanente para a reeleição, vem renovando promessas e alimentando o povo com velhas e novas mentiras.

O pior é que os órgãos de controle ficam estáticos diante de tantos desmandos e a oposição não consegue cumprir o seu papel com competência e eficiência.

Repito, o problema de Gladson não é gastar quase meio milhão para ir passear em Glasgow.

O problema é essa embriaguez coletiva, que impede as pessoas de verem que esse é um dos mais incapazes e mentirosos governadores da nossa história.

A turma deve ter tomado uísque de qualidade duvidosa.
Já turma que vai à Escócia…

=======

Essa vai doer!!!

Quero ver mesmo Gladson Cameli cumprir a promessa e conceder reajuste salarial aos servidores públicos.

Vai ser bonito vê-lo descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal.

A previsão de reajuste está no orçamento, mas dai até se concretizado é outra coisa.

Há cheiro de mais uma potoca das tantas contadas até agora no ar.

Outra coisa: a principal cabo eleitoral de Gladson está indo embora.

Até a eleição, ao que parece, ele não terá mais a covid-19 para proteger a sua falta de ação e de competência.

Terá que mostrar outras ações.

Esse é o problema.

Ele não tem nada a mostrar.

Fui!!!

Vida que segue.

Se quiser e puder, contribua para manter o Espinhoso ativo e afiado.
A chave Pix está no fim do vídeo.

Tchau, forte abraço e o cheiro do Rosas.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami