TV Espinhosa – Gladson demonstra dever e temer à CPI da Educação

Em menos de vinte a quatro horas, o governador Gladson Cameli exagerou na quantidade de bobagem que saiu da sua boca e da sua cabeça pouco inteligente.

Bastou os deputados anunciarem a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar as irregularidades na Educação, para um monte de ameaça sem sentido vir à tona.

O governador sabe que deve, por isso teme.

A Educação estadual tornou-se, no governo Gladson Cameli, uma escolinha de corrupção.

Não há como negar.

Vamos ver isso na TV Espinhosa?

Gente, essa TV Espinhosa e o Portal do Rosas não têm patrocinadores.

Quem vai querer patrocinar os únicos meios de comunicação que não têm medo de expor os desmandos de um governo sem comando?

Por isso eu peço, se puder contribua.

A chave PIX está no www.portaldorosas.com.br.

Também está aqui embaixo.

Se puder, e quiser, contribua.

Toda contribuição é bem-vida.

Ante de irmos para a mais uma TV Espinhosa, peço que curta e compartilhe tanto no Facebook quanto no YouTube.

É bem fácil e ajuda muito na divulgação.

Vamos lá?

Demorou, mas aconteceu.

Finalmente, os deputados irão investigar os desmandos na Secretaria de Estado de Educação.

O que acontece ali é algo escabroso e vergonhoso.

A Educação estadual, sem pudor, tornou-se uma escolinha patética de corrupção.

Visivelmente assustado com o que virá, o governador tratou se usar os veículos de comunicação que lhe são aliados para ameaçar e chantagear.

Vai perder tempo.

A única coisa que pode surtir efeito é tentar a retirada de assinaturas de deputados.

Resta saber o preço que irá pagar.

E se os deputados acreditarão na desacreditada palavra de Cameli.

Ameaça que irá ampliar a CPI para governos anteriores não vai vingar.

O deputado Daniel Zen, que propôs a CPI e foi secretário de Educação, já mandou avisar, com outras palavras, que podem vir quente, pois ele está fervendo.

Sobre Ruas do Povo, é bom o governador fazer uma reunião em família.

Empresas dos seus primos venceram licitação e fizeram os serviços, tudo dentro da legalidade.

Ora, se com quase três ano sentado na cadeira, ele não pensou em investigar governos anteriores, por que investigaria agora?

Ele não investigou porque não tinha o que investigar. Simples assim.

Ou alguém esqueceu que ele passou todo o primeiro ano de governo apontando falhas do governo anterior?

Lamentavelmente, Gladson mostra todo o desequilibro que lhe é peculiar.

Age na chantagem.

Hoje, anunciou que irá suspender os contratos dos terceirizados.

Sabe o que é isso?

Trata-se de tentativa de atrair o apoio dos humildes trabalhadores, que estão há meses sem ver a cor dos seus salários.

A Educação é apenas uma das muito secretarias estaduais que estão mergulhadas no lamaçal de corrupção denunciado pelo vice-governador Wherles Rocha.

Se houver um mergulho, que nem precisa ser profundo, muita sujeira virá à tona.

No caso da Educação, há indícios de que gente grande foi a São Paulo receber dizimo de quase meio milhão de reais.

Gladson Cameli disse que, quem não deve, não teme.

É bom temer.

Principalmente se vir a público um áudio autorizando o pagamento de dez milhões de reais à empresa que não entregou os computadores.

O áudio existe e pode servir como prova para livrar a cara do ordenador de despesa.

A história ensina que CPI se sabe como começa, mas nunca se sabe como termina.

Tem gente dizendo que vivemos um tempo de pandemia e que não é tempo de pensar em CPI.

Desde quando pandemia serve de escudo para proteger os corruptos?

Menos doutor, menos…

Vida que Segue.

Gostou desta TV Espinhosa?

Curta e compartilhe tanto no Facebook quanto no YouTube.

Colabore com a nossa campanha de sobrevivência.

A Chave PIX está aqui embaixo.

O Espinhoso aqui agradece.

Tchau e forte abraço com cheiro de Rosas

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami