TV Espinhosa – Descaso com alagados e caos na Saúde, parte do preço da mudança

Olá!

Vamos espinhar?

O último fim de semana refletiu bem o preço da mudança na condução da politica do Acre.

Em Rio Branco, centenas de famílias ficaram sem o amparo do poder público, depois do transbordamento de igarapés, provocando o alagamento em diversos bairros da cidade.

O prefeito Tião Bocalom demorou a aparecer.
A vice-prefeita Marfisa Galvão foi para a internet fazer piada com a situação.

Bocalom, quando apareceu, foi para dizer que estava com problema de visão. Produziu até um vídeo bizarro sendo consultado por um médico residente.

Disse também que iria a Brasília atrás de recursos para investir na recuperação do igarapé São Francisco.

Esse projeto do São Francisco é ideia do senador Marcio Bittar e do ex-presidente do Depasa Tião Fonseca.

Lembra que Tião Fonseca foi preso, por suspeita de cometer atos ilícitos?
Abre o olho, Bocalom!

Ninguém acredita nessas lorotas.
Rio Branco não é Acrelândia.

Põe essa vaca mecânica para trabalhar.

Ainda no fim de semana foi confirmado o que venho alertando há muito tempo: a saúde do Acre entrou em colapso.

Eu disse para olharmos os sinais de desespero do governador.

Como o governo esconde os fatos, precisou o Sindicato dos Médicos vir a público dizer que não tem mais leito de UTI para pacientes com Covid-19 em Rio Branco e muito menos em Cruzeiro do Sul.

Isso não é novidade para mim. Eu alertei.

Sem planejamento, o governo está partindo para o improviso.

Gladson Cameli teve dinheiro de sobra para se antecipar.
O que faltou foi gestão.

Nessa de improvisar, em Rio Branco foram transferidos os velhinhos do Hospital do Idoso para uma enfermaria na Fundação Hospitalar.

A unidade passou a atender pessoas com Covid.

Para Cruzeiro do Sul, o governo disse que mandou mais equipamentos para montar novas UTIs.

O problema, porém, não são apenas os equipamentos.

Falta gente, profissional.

Médicos, enfermeiros e demais profissionais não caem do céu?

A verdade é que o governo teve tempo de sobra para se preparar.

Estava evidente que os casos iriam aumentar e a situação se agravar.

O governo, no entanto, preferiu desconsiderar a realidade.

O governador passou boa parte do tempo plantando noticias irreais.
Surfando na onda do seu maior aliado: o coronavírus.

Anunciou que tinha cento e treze milhões para comprar vacina.

Foi a São Paulo dizendo que compraria um milhão de doses, mas não trouxe uma agulha.

A questão da vacina não é a de ter ou não ter dinheiro, é de produção mesmo.

Não há vacina no mundo para todo mundo.

Para piorar, as poucas vacinas que vieram para o Acre não estão sendo aplicadas na velocidade exigida.

Também falta transparência e definição de prioridades.

Estamos caminhando para entrarmos num mato sem cachorro.

Vejo defensores do governo e do governador dizendo que ele construiu dois hospitais de campanha.

Era o mínimo a ser feito.

Por outro lado imagino se os governos que lhe antecederam não tivessem construído toda a estrutura hospitalar existente, inclusive com as usinas de oxigênio.

Já parou para pensar nisso?

Só sei dizer que quando as coisas estavam dentro de uma certa normalidade, o governador dançava sem máscara, aglomerava e era tido como o cara responsável por enfrentar a pandemia de forma exemplar.

Agora, que toda falta de planejamento e organização fica evidente, passam a culpar a população.

É claro que parte da população tem culpas, mas os lideres precisam dar exemplo.

Acho que ainda pagaremos um preço muito alto por essas mudanças.

Finalizo com uma frase do ex-governador e ex-senador Jorge Viana.

Ele disse:

  • Nunca vi situação tão grave e tantas autoridades despreparadas na condução do país e do Estado”.

Você pode até não gostar de Jorge Viana, mas jamais poderá negar que ele entende de governar como poucos.

Vida que segue.

Gostou dessa TV Espinhosa? Compartilhe para que possamos chegar mais longe.

Forte abraço e até a próxima.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami