More
    HomeEspinho e a PolíticaTV ESPINHOSA - Com atraso, adversários políticos passam mostrar o real...

    TV ESPINHOSA – Com atraso, adversários políticos passam mostrar o real governo do Cameli

    Nessa reta final de campanha, os adversários resolveram aumentar o tom  das críticas e os ataques contra o governador Gladson Cameli.

    Chega de água com açúcar.

    Embora concorde, acho que essa postura chega com alguns anos de atraso.

    Atraso esse que dificilmente será recuperado em  parcos minutos nos programas eleitorais.

    Deixaram o cara dançar e mentir livremente sem ser incomodado.

    Durante anos, este Espinhoso ficou praticamente sozinho pregando no deserto.

    Pagou caro pela postura critica, sem nunca arredar os pés daquilo que via e não podia ficar calado.

    Logo depois veio o próprio vice-governador Wherles Rocha apontar que o governo mergulhou num lamaçal de corrupção.

    Aqueles que deveriam está apontando os malfeitos permaneceram em confortáveis posições.

    Sem entrar em bola dividida.

    Agora, pelo menos, parece que o governador e a sua turma estão sentindo os disparos verbais.

    Dizem que Gladson Cameli é alvo de ataques infundados de opositores desesperados.

    Não é bem assim.

    É ataque infundado dizer que o governador tem hábito de soltar patranhas, de mentir?

    Não é?

    É mentira afirmar que Cameli não fez uma obra relevante ao longo do seu mandato?

    Não é.

    É critica em fundamento dizer que as empresas de Manaus ganharam e ganham tudo dentro do governo?

    Claro que não é.

    Gente, é mentira explicar para os eleitores que Gladson Cameli foi tachado pelo Superior Tribunal de Justiça como o regente de uma organização criminosa, que desviou mais de oitocentos milhões de reais?

    Não é, gente!

    A população tem todo o direito de eleger quem bem quiser, mas merece saber em quem está votando.

    Gladson Cameli vai disputar a reeleição com muitas promessas, poucas realizações e com a acusação de desviar milhões de reais dos cofres públicos.

    Isso é inegável.

    Além de fazer criticas, embora atrasadas, os opositores devem seguir os operadores do dinheiro derramado nos quatro cantos do Acre.

    Não é tão difícil assim.

    Finalizo fazendo um sugestão:

    Os adversários deveriam ir a Brasília cobrar uma posição do Ministério Público Federal, que, inexplicavelmente, até agora não apresentou a verdadeira denúncia contra Gladson Cameli e os demais integrantes da organização criminosa chefiada por ele, segundo a Polícia Federal.

    Depois pode ser tarde.

    Vida que segue.

    Um forte abraço e um cheiro do Rosas.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    vale a leitura