TV Espinhosa – Bolsonaro não cansa de querer pisotear a democracia; ainda bem que começaram a reagir

Confrontado pelo TSE e o STF, Jair Bolsonaro volta a se comportar como quem não tem a coragem suficiente para sustentar o que diz.

Afirma que a sua briga é apenas com um ministro, mas há provas de que ele, na verdade, ataca às instituições e os seus membros.

Há mais de dois anos, ele agride, deliberadamente, ao sistema eleitoral brasileiro, ao Supremo Tribunal Federal e à democracia.

Após a reação firme do TSE e do STF, o presidente correu parar dizer que a sua pendenga é apenas com o ministro Luiz Roberto Barroso.

Tenha dó.

A TV Espinhosa está no ar.

Um dia após o TSE ter aberto inquérito administrativo por ameaças seguidas à realização das eleições e de ter pedido ao Supremo a inclusão dele no inquérito das fake news, Bolsonaro mudou a fala.

Apressou-se em dizer que a sua contenda é somente com o ministro Barroso, declarando que ele presta um desserviço à nação brasileira.

Quem será mesmo que presta esse desserviço, hein?

Zombando da cara da sociedade e agindo como se os ministros não tivessem capacidade de discernimento, o presidente brinca com a realidade ao declarar que o Barroso está cooptando gente dentro do Supremo e do TSE.

Ora, ora, será que quem ocupa uma cadeiras nessas cortes são fáceis de cooptar?

Impossível acreditar nessa potoca.

Se esse ministros forem tão influenciáveis, estamos mais lascados do que imaginamos.

Bolsonaro mente.

A briga dele não é apenas contra um ministro.

É contra o Judiciário brasileiro.

É contra a democracia.

Ele teme ser derrotado nas eleições do próximo ano e cria narrativa fantasiosa.

Ficou de apresentar provas contra a segurança das urnas eletrônicas, mas limitou-se a requentar fake news.

Não provou nada.

E nem vai provar porque não tem provas.

O presidente arma um circo contra a urna eletrônica sem um cisco de prova de fraude.

A novidade é que, ao mudar a postura e partir para o ataque, o TSE e o STF tentam dar um basta nas ameaças de Bolsonaro a tudo, a todos e à democracia brasileira.

Felizmente, a Câmara dos Deputados deverá enterrar a PEC do voto impresso na quinta-feira.

A pá de cal contará com os votos dos partidos que apoiam o presidente da República.

Gente, não estamos falando da divisão entre esquerda e direita, mas, entre democracia e obscurantismo, realidade e negacionismo, bom senso e ignorância, cidadania alerta e cegueira cívica.

Quando falamos sobre esse tema, não podemos perder de vista é que os regimes autoritários têm os três pilares do pensamento crítico como inimigos: a Educação, a Cultura e a liberdade de imprensa.

Bolsonaro é um autoritário, que precisa ter o inimigo do dia, da semana e do mês para alimentar a si e ao seu rebanho.

Os inimigos da hora são Luiz Roberto Barroso e o ex-presidente Lula.

Mas já foram o ator Leonardo Di Caprio, o youtuber Felipe Neto e até o pensamento de Paulo Freire.

Em breve será o ministro Alexandre Moraes, o próximo presidente do TSE.

Sem o inimigo ele não vive e nem dá vida ao seu discurso tosco e desprovido de verdade.

Por ser autoritário, o presidente seleciona coisas da vida civil e instituições públicas para atacar sistematicamente.

É preciso atacar o Judiciário, ameaçar o impeachment de algum ministro, depois, deixa-se isso de lado e se vai para um âmbito civil.

Por exemplo: a liberdade de imprensa. É preciso atacar e massacrar essa liberdade.

É importante salientar que o autoritarismo contemporâneo usa o símbolo da democracia como justificativa de suas medidas de exceção.

O objetivo não é fechar universidades, mas capturá-las. Não é fechar o Supremo ou o Congresso, mas colocá-los ao lado de quem opera os estados de exceção.

Bolsonaro não conseguirá fazer tudo isso sozinho. Ele precisará do apoio de outras forças.

Resta saber quais forças estarão dispostas a embarcar nessa aventura.

Vamos ficar ligados e nos unir na defesa da democracia.

Vida que segue.

Tchau e forte abraço, com cheiro do Rosas.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami