Trabalho de recuperação da pista do aeroporto de Marechal Thaumaturgo é denunciado por Edvaldo Magalhães

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) voltou a pedir providências por parte do governo do Estado quanto à recuperação da pista de pouso e decolagem do aeroporto de Marechal Thaumaturgo. O assunto foi tratado durante a sessão de hoje (14). O parlamentar denunciou o péssimo serviço executado no local.

“A pista de pouso de Marechal Thaumaturgo está recebendo investimento de R$ 1.116.232,83 e está sendo construída com carinho de mão, balde e com rodo. Não tem uma única máquina para fazer a recuperação da pista, que está interditada desde o ano passado”, disse o parlamentar.

Edvaldo Magalhães frisou que o transporte de pessoas está a cada dia mais desafiador por conta do nível das águas do Rio Juruá nesta época do ano.

“Nós chegamos agora naquele ponto onde o transporte de pessoas nas cabeceiras do rios é desafiador, os rios estão secos. Quando você vai para Marechal Thaumaturgo, você ainda tem a cachoeira. A pista que era pra ser recuperada antes dessa plena seca do rio não foi. O Deracre que é responsável por essa obra terceirizou o serviço. A empresa pertence a um conhecido agente da política do Juruá. Isso é uma pista para ser homologada pela ANAC e eles vão ter dificuldade de homologação”, lembrou.

E acrescentou: “Cruzeiro do Sul está cheio de empresa com capacidade técnica e operacional, mas não, para fazer a bandalheira, tem que entregar para o amiguinho. Isso está ficando feio, o rabão do rato ficou aparecendo”.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami