Torcida do Colo-Colo repudia possível chegada de Felipão, que já elogiou Pinochet

Contratá-lo seria “declarar guerra”

Do site Conversa Afiada https://www.conversaafiada.com.br/

A torcida do Colo-Colo, um dos mais tradicionais clubes de futebol do Chile, iniciou uma forte campanha de repúdio à possível contratação do técnico brasileiro Luiz Felipe Scolari, o Felipão. Sem clube desde que deixou o Palmeiras em setembro de 2019, ele tem sido cotado para assumir o clube chileno.

A torcida organizada “Antifascistas de la Garra Blanca” usou as redes sociais para emitir uma nota de repúdio. Os torcedores lembraram que, em 1998, Felipão disse que o sanguinário ditador Augusto Pinochet “fez muita coisa boa também”, em entrevista à rádio Jovem Pan.

Segundo o comunicado da torcida, contratar Felipão seria “declarar guerra”.

“É repugnante saber que Luiz Felipe Scolari é pretendido pelos nefastos do Colo Colo como treinador do nosso precioso clube. É um sujeito nefasto que não teve vergonha de elogiar o genocida Pinochet e de indicar que às vezes são necessárias violações dos Direitos humanos para manter a ordem”, diz trecho da nota. “O nosso coletivo ‘Antifascistas de la Garra Blanca’ declara guerra à chegada de Scolari e qualquer um que abrace práticas e idéias fascistas”, segue o texto.

Em tempo: em 1998, disse Felipão à Jovem Pan:

“Pinochet fez muita coisa boa também. Ajeitou muitas coisas lá (no Chile). O pessoal estava meio desajeitado. Ele pode ter feito uma ou outra retaliaçãozinha aqui e ali, mas fez muito mais do que não fez.”

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami