Tem fritura na panela; gente grande quer queimar turma do TCE

A manchete de um site local é: “Gladson quer o fim dos poderes do grupo de secretários indicados do TCE”.

Coisa estranha.

Se ele reclama de super poderes, revela fraqueza.

O chefe é ele. O poder está com ele.

Outro detalhe: não há indicados do TCE.

Cameli foi escolher Ribamar Trindade, para a Casa Civil, Semirames Dias. para a Fazenda, e Oscar Abrantes, para a Controladoria.

Não consta que nenhum deles tenha se oferecido.

O problema é que essa turma saiu de uma instituição cujo princípio é dizer o que não pode.

Na política é praxe o como pode.

O trio, em particular Trindade, não caiu no agrado dos aliados.

Semana passada declarou que os partidos querem sempre mais.

Uma matéria como essa é cardápio.

É fritura pura.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami