“Sou defensor de uma economia de base diversificada, a partir dos pequenos e médios empreendimentos”, afirma Daniel zen

O deputado Daniel Zen ( PT) destacou que virou polêmica a sua declaração sobre economia florestal. “Teve gente no governo que se incomodou”, disse.

Segundo Zen, é importante esclarecer alguns pontos, principalmente porque é defensor de uma economia de base diversificada, a partir dos pequenos e médios empreendimentos.

“Nunca disse que a economia florestal é a saída para o Acre. Muito menos que seja a única saída”, salientou.

Zen afirma que, na lógica que defende, há espaço para tudo, do extrativismo ao agronegócio, passando pela agricultura familiar, pela agroindustrialização (com ênfase em sistemas de integração e sistemas agroflorestais) e pelo fortalecimento do comércio.

“O que fiz foi apenas contestar aqueles que dizem que a economia florestal não dá resultado. Dá, e muito, como comprovam os dados do Observatório do Fórum Permanente de Desenvolvimento Econômico do Acre, instância da Fieac que monitora os dados econômicos do Estado”, destacou.

O petista lembrou que foi o Observatório do Fórum que constatou que, de tudo o que Estado arrecadou com exportações, do início desse ano de 2019 até o mês de setembro, mais da metade foi oriunda da venda de apenas dois produtos florestais: madeira e castanha.

“Se organizarmos as cadeias produtivas de outros insumos florestais, esse número pode crescer ainda mais”.

O resultado obtido no extrativismo, porém, na avaliação do deputado, não impede que o Estado invista em agronegócio, sobretudo na pecuária bovina de corte, de leite e também no cultivo de lavouras, perenes e temporárias.

“A visão maniqueísta, de que só há espaço para uma única coisa, fica por conta do atual governo, que acha que o agronegócio baseado no latifúndio e na monocultura são soluções mágicas para o desenvolvimento econômico do Acre”.

Para o petista, o governo, até agora, não conseguiu apresentar nada de concreto que comprove a tese dele.

“Diferente desse humilde parlamentar, que só debate com base em números e estatísticas reais e não com base em desejos, sonhos e achismos”, alfinetou.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami