Sob administração de Socorro Neri, Rio Branco ganha Prêmio Cidades Sustentáveis

A Prefeitura de Rio Branco é a vencedora do Prêmio Cidades Sustentáveis na categoria Redução das Desigualdades, cidades médias e grandes, com o programa Feiras Livres da Agricultura Familiar Sustentável. A premiação foi realizada na tarde de quarta-feira, 18, no auditório Oscar Niemeyer no Parque do Ibirapuera em São Paulo durante a 2ª Conferência Internacional Cidades Sustentáveis e o 3º Encontro da Plataforma Global Cidades Sustentáveis (GPSC) desenvolvida pelo Programa Cidades Sustentáveis e Oxfam Brasil.

A 3ª edição do Prêmio Cidades Sustentáveis recebeu 114 inscrições de boas práticas municipais, políticas inovadoras e bem-sucedidas na redução das desigualdades. Foram inscritos projetos e ações públicas de 61 municípios, distribuídos por 15 Estados de todo o Brasil. Além da categoria Desigualdade Econômica, com foco em gênero e raça, também foram premiados programas na categoria de Acesso à Serviços (Saúde, Educação e Infraestrutura); e Acessibilidade. A Prefeitura de Rio Branco também concorreu nessas categorias com o Programas Cuidar Mais Mulher e Criança, e Programa Cultura de Paz, respectivamente.

A prefeita Socorro Neri, que foi representada na premiação pela secretária adjunta de Planejamento da capital, Silvia Brilhante, disse estar emocionada pelo reconhecimento nacional e que o prêmio é um estímulo a toda equipe da gestão municipal. “O programa Feiras Livres da Agricultura Familiar Sustentável incentiva a produção dos agricultores dos polos agroflorestais, do cinturão verde da cidade e de vazios urbanos, e dá apoio no transporte da produção para a cidade e na comercialização diretamente com o consumidor, sem atravessadores. As feiras são os pontos de convergência de todas essas pessoas que colocam alimento nas nossas mesas”.

Ainda de acordo com a prefeita, o Programa Feiras Livres também contempla a agricultura familiar em Rio Branco desde a capacitação dos produtores, escolha e preparo das áreas cultivadas e a entrega de equipamentos e insumos. “O resultado de tudo isso é a dignidade e a geração de renda para muitas famílias. Eu estou muito feliz, e acredito que estamos no caminho certo, o trabalho é duro, o momento do país é delicado, mas vamos superar os desafios”.

O Programa de Feiras Livres da Agricultura Familiar contempla atualmente 42 feiras livres, uma feira temática (Feira do Peixe e Agricultura Familiar/Semana Santa), e três feiras permanentes em mercados municipais distribuídas em 27 pontos da cidade. Cerca de 700 famílias são beneficiadas pelo programa e conseguem ter uma renda média de três salários mínimos mensais.

O secretário de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico, Paulo Braña, destacou que a implantação do programa possibilitou que essas mesmas famílias tivessem acesso a várias outras políticas públicas, como crédito para implantação de sistemas de produção; Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR); Programas de Aquisição de Alimentos (PAAs); Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE); além de proporcionar a comprovação formal de atividade produtiva da mulher rural, o que garantiu direitos previdenciários.

“A gestão da prefeita Socorro Neri compreende que a unidade familiar tem que buscar sempre a sustentabilidade, porque nós trabalhamos com a terra, trabalhamos com recursos naturais e tudo isso precisa ser preservado. Esse prêmio vem num momento em que todos discutem a importância da Amazônia, os efeitos das mudanças climáticas e o programa mostra que as nossas ações na cidade de Rio Branco estão de acordo com as políticas mundiais de desenvolvimento sustentáveis que o planeta e toda a humanidade precisam’.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami