Silas Câmara, esposo da vice de Roberto Duarte, pode ser preso e perder mandato de deputado federal

Silas Câmara, esposo da vice de Roberto Duarte, pode ser preso e perder mandato de deputado federal

Julgamento da ação penal que envolve o parlamentar do Amazonas, por prática de “rachadinha” no gabinete começou nesta sexta-feira (27) e vai até o próximo dia 4 de dezembro. Edson Fachin acompanhou o voto do relator.

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso fixou uma pena de cinco anos e três meses de prisão e a perda do mandato do deputado federal Silas Câmara (Republicanos-AM).

Silas é esposo da missionária Antônia Lúcia, que concorreu à vice-prefeita de Rio Branco, na chapa do emedebista Roberto Duarte.

Barroso também estipulou 123 dias-multa de cinco salários mínimos e a devolução de R$ 248.205,93.

A punição do parlamentar foi pedida pelo ministro-relator da Ação Penal 864, que Silas Câmara responde no STF desde 2001.

O deputado do Amazonas é acusado de promover a conhecida “rachadinha”, prática em que se recolhe parte dos salários dos servidores do gabinete parlamentar.

“Os elementos probatórios produzidos na instrução processual demonstraram que o réu, valendo-se do cargo de Deputado Federal, desviou recursos públicos destinados ao pagamento de assessores parlamentares, em proveito próprio”, diz Barroso em seu voto.

Com informações de https://bncamazonas.com.br/poder/barroso-prisao-mandato-silas-camara/

Leonildo Rosas

Related Posts

Educação de Cruzeiro do Sul mostra como Marcio Bittar deve ser tratado por  chamar professores de privilegiados

Educação de Cruzeiro do Sul mostra como Marcio Bittar deve ser tratado por chamar professores de privilegiados

Não foi por bom senso: Gladson recua nas pinturas de prédios e espaços público por medo de ações judiciais

Não foi por bom senso: Gladson recua nas pinturas de prédios e espaços público por medo de ações judiciais

Empresas de primos do governador faturam R$ 36 milhões para duplicar  estrada do aeroporto de Cruzeiro do Sul

Empresas de primos do governador faturam R$ 36 milhões para duplicar estrada do aeroporto de Cruzeiro do Sul

Preso pela PF em operação no Amazonas, empresário acreano se dizia nas redes sociais contra a corrupção

Preso pela PF em operação no Amazonas, empresário acreano se dizia nas redes sociais contra a corrupção

No Comment

Deixe uma resposta