Sesacre contrata empresa para realizar procedimentos cirúrgicos por R$ 2,4 milhões sem licitação; Hemocárdio tem laços com suplente de senador

Finalmente o governo do Estado resolveu o problema para fazer procedimentos cardíacos no Acre.

Pessoas morreram pela ausência desse serviço.

O Diário Oficial de hoje traz o contrato assinado pela secretária de Estado de Saúde, Mônica Kanaan, e o responsável pela empresa Hemocárdio Ltda.

É um contrato de quase R$ 2,5 milhões, pelo prazo de 180 dias.

Assinou pela empresa o médico Rogério Holanda.

Rogério Holanda é irmão da médica cardiologista Rejane Holanda.

Rejane Holanda é esposa do também médico e suplente de senador Eduardo Veloso.

A contratação não veio precedida de processo licitatório. Fazer licitação parece ser coisa difícil no governo Gladson Cameli.

A empresa foi contratada por meio de dispensa de licitação.

A Sesacre pode dispensar licitação porque está amparada no decreto de calamidade pública.

Não se discute apenas a necessidade e a eficiência da empresa, que primeiramente foi contratada pelo governo Tião Viana e realizou cerca de 10 mil procedimentos.

Antes do governo Viana não havia procedimentos como esses no Acre.

O questionamento é a morosidade do governo para fazer licitação. Parece algo proposital.

Outro questionamento é que não há posicionamento dos órgãos de controle sobre a prática, nem da imprensa.

Enquanto isso, contratos que foram prorrogados dentro da legalidade, que têm grande importância, são questionados pela imprensa e sofrem boicote do governo.

Deve ser porque está dentro da legalidade.

Haja coração para aguentar o que ainda virá do governo.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami