Secretária inicia processo de “desbestenização” da Saúde; Erisson China deve aparecer na lista dos exonerados

Os últimos dias foram movimentadíssimos pelas bandas da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

Abancada na cadeira de secretária, a médica importada Mônica Kanann está fazendo o limpa.

Fala-se numa operação de assepsia.

Nessa “vibe”, o Diário Oficial de segunda-feira deverá trazer várias exonerações.

Uma delas pode ser a do diretor administrativo e financeiro Erisson China.

A decisão foi tomada ainda em Cruzeiro do Sul, onde o governador Gladson Cameli está.

Cameli teria recebido denúncias contra China a partir de uma odontóloga, que foi falar direto com o governador.

China também não conta com a simpatia dos médicos Eduardo e Rejane Velloso.

Eduardo é suplente de senador.

O casal é detentor de contratos milionários no governo, nas especialidades de oftalmologia e cardiologia.

A ordem da nova secretária é despolitizar a Saúde.

Mas também pode ser “desbestenizar”.

Quem também deve rodar é o diretor de Atenção à Saúde, Wilson Dias, e a coordenadora de Saúde do Juruá, Raquel Batista.

Esse governo é uma calamidade.

Para dar resposta à sociedade, Mônica Kanann terá que ter a eficiência de uma Harley Davidson.

A estrada é comprida e o tempo é curto.

É bom ela acelerar.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami