Rodrigo Forneck quer prefeitura comprando máscaras de costureiras de Rio Branco

Rodrigo Forneck quer prefeitura comprando máscaras de costureiras de Rio Branco

Assessoria

O líder do PT na Câmara de Vereadores de Rio Branco, Rodrigo Forneck, sugeriu na sessão online desta terça-feira, 26, que a Prefeitura abra um edital para a contratação de pessoas físicas, que confeccionam máscaras de tecido.

As máscaras devem ser destinadas às famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica da capital, que não podem pagar pelo produto. O uso do equipamento de proteção é obrigatório no Acre.

Além disso, a medida também injeta dinheiro na economia local, tendo em vista que a contratação seria direcionada ao pequeno empreendedor.

“As pessoas mais pobres não conseguem fazer o uso da máscara. De modo que, se a gente destinar um edital para contratar pessoas físicas com habilidade de corte e costura, as máscaras serão destinadas às famílias de baixa renda e ainda haverá um auxílio econômico para quem está precisando de renda, com a contratação do serviço”, destacou Forneck.

A indicação foi elogiada e apoiada pelos vereadores Artêmio Costa e Lene Petecão. Rodrigo se inspirou no exemplo do governo do Maranhão, que adotou a medida como estratégia de combate a pandemia do Covid-19.

Leonildo Rosas

Related Posts

PT, PSB, PCdoB, PSOL e PV fazem reunião para iniciar diálogo rumo  às eleições de 2022

PT, PSB, PCdoB, PSOL e PV fazem reunião para iniciar diálogo rumo às eleições de 2022

Sindicalistas da Saúde empossam palhaço Peteleco como governo e o levam para a mesa de negociação com o governo

Sindicalistas da Saúde empossam palhaço Peteleco como governo e o levam para a mesa de negociação com o governo

Falta de palavra do governador é empecilho para acordo com servidores da Saúde e da Educação

Falta de palavra do governador é empecilho para acordo com servidores da Saúde e da Educação

Edvaldo Magalhães volta a cobrar rapidez do governo na sanção de lei que visa contratação de médicos formados no exterior

Edvaldo Magalhães volta a cobrar rapidez do governo na sanção de lei que visa contratação de médicos formados no exterior

No Comment

Deixe uma resposta