Candidato da oposição derrota Érick Venâncio, candidato apoiado pelo governo Gladson Cameli

Os advogados acreanos colocaram fim ao reinado de um grupos que estavam caminhando para os 20 anos na direção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seccional-Acre, nesta sexta-feira.

Numa disputa acirrada, o candidato Rodrigo Aiache derrotou o atual presidente Érick Venâncio, por 802 votos a 690.

Treze advogados anularam os seus votos e 11 votaram em branco.

Houve uma grande abstenção. 736 advogados se abstiveram.

Em síntese: Érick Venâncio também perdeu para brancos, nulos e abstenções.

Érick Venâncio entrou na disputa como franco favorito, por contar com a estrutura da entidade e o apoio escancarado da máquina do governo Gladson Cameli. Foi atingido, porém, pela falta de transparência e as denúncias que vincularam o seu nome à chamada “Máfia dos Precatórios”.

Rodrigo Aiache apostou no diálogo com os advogados, pregando a necessidade de alternância de poder, de transparência e maior participação dos advogados na tomada de decisão na OAB.

A vice de Aiache é a advogada Socorro Rodrigues.

A nova diretoria terá mandato de três anos.

Apareceu até uma balsa improvisada para levar os derrotados

 

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami