Quer enganar a quem? Cameli conta como novas obras nos municípios de difícil acesso

Umas das grandes marcas do governador Tião Viana foi a de ter feito a opção de investir mais de R$ 100 milhões nos quatro municípios de difícil acesso.

Viana foi buscar recursos para dotar Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Jordão e Santa Rosa do Purus de ruas pavimentadas, água, esgoto e saneamento.

As obras estão em curso há muitos anos.

É um investimento que, se não houvesse um governante com sensibilidade, os municípios levariam décadas para receber.

Ignorando a história e querendo trazer para si o trabalho alheio, o rapaz Cameli declarou que uma das suas prioridades é gerar emprego e renda, com o aquecimento da construção civil.

“Inclusive em municípios como Porto Walter, Marechal Thaumaturgo e Santa Rosa do Purus”,

Cameli sabe, mas ignora, que as obras nesses municípios estão sendo executadas por empresas dos seus parentes, dos seus primos, que venceram a licitação.

O Acre conta, segundo dados oficiais, com 46 mil desempregados. Cameli prometeu empregar quase 20 mil.

A indústria da construção civil não está confiante nas palavras do governador.

As obras apresentadas por Cameli, se forem executadas, não têm o perfil das empresas acreanas.

As fotos são do Sérgio Vale.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami