Quando pede para alunos informarem sobre merenda e fardamento, Gladson Cameli mostra desconhecer o governo e falta de confiança no secretário

Gladson Cameli não cansa de demonstrar o quanto é inapto para o cargo de governador do Acre.

Ele também continua acreditando que o populismo barato irá esconder a sua incompetência para ocupar a cadeira para a qual fora eleito nas eleições de 2018.

Depois de anunciar que mandou investigar um esquema de corrupção na Secretaria de Estado de Educação (SEE), supostamente envolvendo 33 empresas e quase R$ 40 milhões de reais, o governador do Acre se superou.

Gladson Cameli usou as suas redes sociais para pedir: “Boa noite! Aluno da rede estadual de ensino, você já recebeu seu kit de uniforme? Na sua escola tem merenda e almoço? Conte pra mim, me diga onde você estuda e se está tudo certo na sua escola”, escreveu.

É bom perceber que Cameli fez o post num sábado à noite, às 21h29. É difícil imaginar sobriedade numa postagem dessa.

Quando pede informações sobre uniformes e merenda, Cameli revela que desconhece o seu governo. Mostra o retrato de um administrador que passou a campanha inteira falando em gestão, mas é um péssimo gestor.

Gladson Cameli sabe que falta merenda, que há esquema que vende carne de terceira como se fosse de primeira. É conhecedor de que os uniformes não chegaram aos estudantes

Cameli, além de confessar a incompetência, põe em xeque a eficiência e a honestidade do seu secretário de Educação, Mauro Sérgio Ferreira.

Sim, qualquer secretário com o mínimo de respeito próprio não aceitaria ser humilhado publicamente sem dar resposta, sem pedir par deixar o cargo.

Gladson Cameli tem sido especializado em humilhar os seus assessores. O ex-padre é a bola da vez.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami