PT protocola pedido de investigação no TCU, MPF e CGU sobre supostas irregularidades no INTO e no Hospital de Campanha de Rio Branco

O Partido dos Trabalhadores protocolou, na manhã desta terça-feira, 7, um pedido de investigação no Tribunal de Contas da União, no Ministério Público Federal e na Controladoria Geral da União sobre possíveis irregularidades na gestão do INTO/Covid e na construção do Hospital de Campanha.

São pontos fundamentais da acusação:
• A CARÊNCIA DE MÃO DE OBRA E DO FUNCIONAMENTO DO HOSPITAL DE CAMPANHA AQUÉM DE SUA CAPACIDADE;

• A BAIXA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIO-FINANCEIRA DOS RECURSOS DESTINADOS PELO GOVERNO FEDERAL AO GOVERNO DO ACRE PARA DESPESAS COM ENFRENTAMENTO À COVID-19;

• A SUPOSTA PRÁTICA DE PAGAMENTO DE PROPINA OU EXECUÇÃO DE SERVIÇOS NÃO CONTRATADOS PELO ESTADO DO ACRE PELA EMPRESA GESTORA DA UNIDADE COVID-19 INSTALADA NO INSTITUTO DE TRAUMATOLOGIA E ORTOPEDIA DO ACRE – INTO; e

• O SUPOSTO PAGAMENTO DE PROPINA POR PARTE DE EMPRESA PRIVADA À DIRETORA EXECUTIVA DO DERACRE, EM OBRA REALIZADA NO INTO/HOSPITAL DE CAMPANHA.

Mediante tais exposições, o Partido dos Trabalhadores requereu aos órgãos competentes a abertura de inquérito civil público.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami