PSDB não pode pedir mandato de Mara Rocha; a deputada não tem suplente

Irritada com a saída da deputada federal Mara Rocha do partido, a direção nacional do PSDB emitiu nota dizendo que irá buscar na Justiça o mandato da parlamentar acreana.

Os dirigentes tucanos foram levados ao erro, pois não podem fazer o que ameaçaram.

Campeã de votos nas eleições de 2018, Mara Rocha foi a única candidata a deputada federal do PSDB. Foi eleita dentro de uma coligação com o PP, PSD,MDB, DEM, Solidariedade, PTC, PMN, PR, PTB e PPS.

Por ser candidata única, Rocha não tem suplente dentro da sua legenda, o que impossibilita a perda do mandato por infidelidade partidária.

Na nota da direção nacional, a deputada é acusada anunciar a saída de maneira desleal e desonesta.

Segundo a nota, passaram pelas mãos da parlamentar R$ 2 milhões, para ser usados na campanha eleitoral do ano passado.

“A deputada também se utiliza de argumentos grosseiros e inverídicos para tentar evitar que a suplente ou o partido requisite o seu mandato, o que necessariamente ocorrerá”, diz a nota.

A posição critica dos dirigentes nacionais é reforçada por outra nota assinada pelo presidente estadual, Manoel Pedro de Sousa Gomes.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami