Programa de transplantes está parado; médico responsável deve vir a Rio Branco

O Acre era o único estado da Região Norte a ter um programa de transplante de órgãos.

Era, porque o programa está parado há meses.

Trazido e incentivado pelo ex-governador Tião Viana, o programa deu novas oportunidades de vida há dezenas de acreanos e acreanas desde 2011.

Mesmo sem grandes recursos financeiros, o Acre se tornou o quinto estado brasileiro em número de transplantes realizados. O que não é pouco.

Durante o mandando de Viana, o Acre fez mais de 300 transplantes, sendo 45 de fígado, 91 de rim e 210 de córnea. Também está habilitado a fazer transplante de pâncreas.

Trazido e contratado pelo governo passado, tendo a sua empresa obtido um ótimo faturamento, o médico Tércio Gercini, está previsto para chegar ao Acre nesta quinta-feira, 4.

Gercini vem para atender ambulatório e conversar com o governo sobre o reinício dos transplantes.

Espera-se que o programa seja retomado, pois há dezenas de pessoas na fila esperando por uma solução.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami