More
    HomeEspinho e a PolíticaPresa na Operação Ptolomeu, ex-chefe de gabinete de Gladson Cameli é nomeada...

    Presa na Operação Ptolomeu, ex-chefe de gabinete de Gladson Cameli é nomeada no TCE

    Em dezembro de 2021, a Polícia Federal (PF) levou à  prisão a senhora Rosângela da Gama Pereira Pequeno.

    A PF cumpriu determinação da ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Nancy Andrighi, no inquérito instaurado a partir da Operação Ptolomeu.

    Pequeno era chefe de gabinete do governador Gladson Cameli (Progressistas), que é acusado pela própria ministra de ser o regente de uma organização criminosa que se instalou no governo do Acre.

    A então chefe de gabinete foi presa por que, segundo a PF, tentou destruir provas.

    Num hotel em Cruzeiro do Sul, Pequeno, assessoras do governador e uma empresária do ramo jornalístico deram fim a um aparelho celular que poderia ser objeto de provas pela PF.

    Veja o vídeo aqui.

    Rosângela Pequeno ficou presa de dezembro de 2021 a fevereiro de 2022.

    Perdeu o cargo de ocupava no núcleo do governo, mas manteve as nomeações do esposo e de outros parentes.

    Em janeiro deste ano, porém, voltou a trabalhar na administração pública.

    Foi nomeada como assessora técnica de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado (TCE).

    A nomeação foi feita pelo presidente do TCE, Ribamar Trindade.

    Trindade e Pequeno foram colegas no governo.

    Não há condenação contra a agora assessora de conselheiro.

    Resta saber se ele não terá que prestar contas à Justiça.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    vale a leitura