Prefeitura quer usar subsídio da passagem dos estudantes para garantir subvenção a empresas de ônibus

O que mais se ouve nos corredores da Câmara de Vereadores de Rio Branco qual será o preço da passagem no projeto apresentado pela prefeitura para garantir a subvenção de R$ 2.3 milhões as empresas de transporte coletivo na capital.

Esse debate não é sobre a tarifa a ser paga pelo usuário.

Trata-se de quanto será cobrado por alguns parlamentares para assegurar a passagem do projeto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e, posteriormente, no plenário.

Até ontem, as noves assinaturas necessárias não haviam sido coletadas.

Segundo um vereador contrário à matéria, “os empresários estão botando curto para cima dos vereadores”.

O primeiro projeto apresentado pela prefeitura foi derrotado na CCJ por não apresentar a fonte do recurso.

No segundo, apareceu a fonte.

A prefeitura vai usar o crédito destinado ao subsídio que garante a passagem a R$ 1 para os estudantes para passar aos empresários.

Isso está bem claro no projeto e pode, a longo prazo, colocar em risco uma conquista dos estudantes, haja vista que o prefeito eleito, Tião Bocalom, já falou em acabar com esse subsidio.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami