Prefeito de Feijo, Kiefer Cavalcante, que é do partido de Gladson, ataca Wherles Rocha

As eleições municipais vão revelando o quanto é frágil a aliança que levou Gladson Cameli a ser governador do Estado.

Crises estouram em todos os municípios. Na maioria dos casos são provocadas pelo vice-governador Wherles Rocha, do PSDB.

Rocha demonstra ter uma fome desmedida pelo poder. Onde vai desrespeita prefeito até mesmo do PP, partido de Cameli.

Fez isso em Sena Madureira, onde atacou o prefeito Mazinho Serafim (MDB), com o fito de emplacar a sua amiga de longas datas Toinha Vieira.

Mais recentemente ocorreu mesmo em Feijó.

Tal qual Serafim, que respondeu de forma dura, na Terra do Açaí o prefeito Kiefer Cavalcante não ficou calado.

Cavalcante foi à emissora do governo no município e revidou a ataques do vice-governador.

“Quero disputar com o candidato do PSDB”, disse.

Os governistas parece que se sentem mais unidos na oposição.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami