PF apreende relógios e joias avaliados em mais de R$ 1 milhão durante Operação Ptolomeu

A Polícia Federal fez uma feira boa, na Operação Ptolomeu.

Um dos principais alvo é o governador Gladson Cameli.

A operação foi deflagrada hoje e apura desvios de recursos públicos do SUS e do Fundeb.

Os acusados podem ter desviado R$ 800 milhões que deveria ter sido aplicados na saúde e na educação.

Vários bens foram aprendidos nas casas do acusados.

Somente em relógios e joias, a PF aprendeu bens avaliados em mais de R$ 1 milhão.

Gladson Cameli é colecionador de relógios caros.

O seu amigo Rudilei Estrela, que foi preso, também é colecionador.

Veja o que foi aprendido:

R$ 1,7 milhão em veículos (6 veículos apreendidos);

R$ 600 mil em espécie (entre dólares, euros e reais);

33 relógios e 10 joias de alto valor totalizando mais de um milhão de reais aproximadamente;

R$ 139 mil reais, aproximadamente, em celulares apreendidos.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami