Petecão assume a campanha e tenta vender versão Bocalom “paz e amor”

Acostumado a ganhar a eleição fazendo brincadeiras e com assumindo pouco compromisso com o eleitor, o senador Sérgio Petecão (PSD) tenta emplacar o mesmo estilo nas eleições municipais deste ano, em Rio Branco.

No período eleitoral, o senador até flertou com a prefeita Socorro Neri (PSB), chegou a dançar com a socialista em vários eventos, mas o casamento político não se viabilizou.

Sérgio Petecão acabou casando com o turrão Tião Bocalom (Progressistas).

O senador tem todo interesse do mundo.

A sua esposa, Marfiza Galvão, é candidata a vice-prefeita na chapa do homem da “vaca mecânica”.

Político matreiro, Petecão percebeu que Bocalom teria pouca chance de sucesso se mantivesse o estilo que lhe é característico: brigão e que exala ódio a cada fala pública.

Candidato há década aos mais diversos cargos por variados partidos, Tião Bocalom nunca logrou êxito eleitoral para além da divisa de Acrelândia, município onde foi prefeito três vezes.H

Há mais de 20 anos, o destino do progressista conservador tem sido a balsa rumo à Manacapuru.

O senador percebeu a necessidade de mudança de rumo.

Nos programas eleitorais, Petecão assumiu o protagonismo.

Tal qual o anão Montana Jack, fiel parceiro do senador, Bocalom limita-se a sinalizar a tentar passar o ar de bem-humorado, coisa que está distante de ser.

Acostumado a falar muito, o candidato está quase mudo. É a estratégia.

Sérgio Petecão tentar vender um Bocalom “paz e amor”. Parece que a coisa está funcionando.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami