Perito da PF que atuou nos bastidores da Operação Buracos ganha cargo de secretário

Roberto Feres é um engenheiro e mdebista de carteirinha.

Foi candidato a deputado federal no ano passado, obtendo 1.308 votos.

É casado com uma prima do presidente do MDB e deputado federal Flaviano Melo.

Nada de anormal na opção partidária e na relação familiar.

Mas Feres também é perito da Polícia Federal.

É ai que a história muda.

Como perito, o Roberto Feres trabalhou em relatórios que fundamentaram a Operação Buracos.

Em junho de 2015, participou da equipe de peritos crimanais que percorreu a BR-364, curiosamente em obras realizadas por empresa da familia do atual governador.

Desencadeada pela Polícia Federal em outubro de 2017, a operação teve como motivação oficial desarticular organização que desviava recursos públicos no Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre) e no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

O tempo passou e nada foi provado contra os acusados.

A operação é cheia de buracos nos procedimentos.

Está claro que uma das principais motivações era a de prejudicar a candidatura do petista Marcus Alexandre ao governo do Estado.

Marcus Alexandre era prefeito de Rio Branco e tinha sido diretor-presidente do Deracre.

O trabalho de Roberto Feres ajudou a sustentar as acusações.

Como uma espécie de prêmio, o engenheiro foi agraciado com o cargo de secretário adjunto de Gestão Administrativa da Seplag.

A Seplag é comandada pela engenheira Maria Alice Melo, também prima de Flaviano Melo.

Está tudo em família.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami