Pastor Valdemiro Santiago vai se vacinar após perder irmão para Covid

Líder da Igreja Mundial do Poder de Deus chegou até a vender feijões que, supostamente, curariam a doença

Mariana Costa

Após a morte de Vanderley Santiago, por Covid-19, na segunda-feira (28/6), em São Carlos (SP), o pastor da Igreja Mundial do Poder de Deus, Valdemiro Santiago, que é irmão da vítima, decidiu se vacinar contra a Covid-19. No começo da pandemia, o religioso ficou famoso por vender sementes de feijão sob o argumento de que o alimento curava a doença.

Valdemiro, que é declaradamente simpatizante ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), também convocava, em épocas de pico da crise sanitária no estado de São Paulo, cultos lotados, causando inúmeras aglomerações.

Apesar da manifestação de intenção em tomar o imunizante, Santiago disse ao portal ACidadeON São Carlos que não confia na vacina: “Vou me vacinar, com certeza. Não que eu confie na vacina, só confio em Deus. Até porque eu devo obediência também, não é?”

Morte para a Covid-19

Vanderley testou positivo para a doença depois de ter tomado a primeira dose da vacina contra a Covid, em 16 de junho.

A prefeitura da cidade confirmou que Vanderley chegou a procurar atendimento no Centro de Triagem do Ginásio Milton Olaio Filho e precisou ser transferido para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Santa Felícia, em São Paulo. Lá, sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.

A família do bispo ainda não se manifestou. Não há informação sobre enterro.

Nas redes sociais, muitos fiéis deixaram mensagens de pesar. “É com grande tristeza no coração que trago as minhas condolências aos familiares e amigos do nosso Bispo Vanderley Santiago, irmão do nosso líder, Valdemiro Santiago. Que Deus dê força a todos”, escreveu o missionário José Olimpio.

Veja mais no Metrópoles.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami