More
    HomeCorrupção no governoOperação Parking - Amigo e ex-motorista do governador é acusado de ameaçar...

    Operação Parking – Amigo e ex-motorista do governador é acusado de ameaçar testemunha

    Motorista e amigo de infância do governador Gladson Cameli, Antônio Luciano de Oliveira foi galgado a cargos importantes na administração estadual.

    O último cargo que ocupou foi o de chefe do Departamento de Estradas e Rodagens (Deracre) em Cruzeiro do Sul.

    Mas, do mesmo jeito que subiu, desceu.

    Oliveira foi exonerado pelo amigo por ter sido envolvido na Operação Parking, deflagrada pela Polícia Civil, em dezembro do ano passado.

    Segundo as investigações, Oliveira contribuiu para que o órgão estadual executasse obra no pátio do aeroporto internacional da segunda maior cidade do Acre de forma irregular.

    Mesmo a Infraero tendo contratado uma empresa do Amazonas, quem fez o serviço foi o Deracre.

    Exonerado e ainda sendo investigado, o amigo de Gladson Cameli resolveu ameaçar uma das principais testemunhas de acusação.

    A testemunha, que pediu para ter o seu nome mantido em sigilo, fez a denúncia ao delegado responsável pelas investigações, Pedro Resende.

    O ex-chefe do Deracre teria feito ameaças contra a integridade física da testemunha, além de proferir diversas palavras de baixo calão.

    Pedro Resende pediu a prisão do acusado, mas a Justiça não acatou.

    Por decisão judicial, o amigo do governador terá que cumprir medidas restritivas, tendo que se manter distante da testemunha.

    Segundo a decisão judicial, Oliveira é obrigado a ficar distante, no mínimo, 200 metros da testemunha e dos seus familiares.

    Também não deve frequentar os mesmo locais frequentados pela testemunha, bem como não manter nenhum tipo de comunicação com a ofendida.

    “Em caso de descumprimento, poderá ser decretada a prisão preventiva”, escreveu o magistrado.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    vale a leitura