Obras na estrada AC-40 estão paralisadas; interrupção aconteceu após denúncia do Portal do Rosas

Pense na estrada AC-40 como uma perna.

Da entrada da cidade, próximo à Corrente, até o Parque Chico Mendes há obra, a prefeitura trabalha na recuperação.

Essa parte seria a coxa.

Do Santa Maria a Senador Guiomard a rodovia ficou um “tapete”.

Esse trecho pode ser classificado como a canela.

O problema reside entre o Chico Mendes e o Santa Maria, onde as obras foram interrompidas há duas semanas.

Deixaram de fazer o joelho.

As obras estavam sendo executados pela empresa M.S.M. Industrial.

Coincidentemente, os trabalhos foram interrompidos quando este Portal denunciou que poderiam estar sendo executados na esteira da ilegalidade.

Os indícios são gigantes. Não foi assinado, sequer, contrato.

Inexiste registro de licitação, ou até mesmo dispensa, para que a empresa fosse contratada.

O que se verificou é que a Seinfra aderiu a uma ata de R$ 5,7 milhões de uma licitação do 7º Batalhão de Engenharia de Construção (BEC), que contratou a empresa M.S.M Industrial Ltda.

Essa licitação, porém, não tem como objeto obras, mas aquisição de massa asfáltica.

Se foi contratada para vender massa asfáltica, como a empresa iria realizar a obra?

Não resta dúvida de que as obras foram executadas pela empresa M.S.M porque o seu proprietário foi às redes sociais exaltar o trabalho que fez.

O que fato é que, após a denúncia do Portal, deram um freio na obra.

Está faltando o “joelho”.

Se apurarem, deputados de oposição e órgãos de controle podem descobrir que o buraco não é tão embaixo como se pensa.

Fotos: Denilson Almeida.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami