No Dia da Mentira, Cameli anunciou investimentos de quase R$ 1 bilhão; o rapaz omite recurso deixado por Tião Viana

No Dia da Mentira, o governador Cameli anunciou que o Estado fará investimentos de quase R$ 1 bilhão em várias frentes de trabalho.

O anúncio abalroa com o discurso de quebradeira adotado pela administração estadual, desde que Cameli tomou posse.

Não consta que o governo do Estado tenha conseguido uma fonte de recurso extra ou que tenha feito alguma operação de crédito.

No dia dedicado aos mentirosos, sem querer, o rapaz traz à tona a verdade: a maior parte do meu pretende executar será com o R$ 1,3 bilhão que o ex-governador Tião Viana deixou em caixa.

É claro que a sua equipe de Planejamento fez os ajustes em projetos para os adequar a aquilo que o governo elegeu como prioridade.

Mas é óbvio a origem do maior volume de recursos.

Durante a transição, em reuniões que teve com o então governador eleito, Tião Viana fez questão de frisar que Cameli receberia o governo com dinheiro para investimentos. O seu problema seria custeio.

Empossado, Cameli disse desconhecer a existência do R$ 1,3 bilhão.

Os fatos e a história se encarregaram de fazer ele mostrar. E logo no Dia da Mentira.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami