Mulheres advogadas participam de encontro do movimento “Sua Voz, Nossa Ordem”

Assessoria

Subtítulo: Encontro debateu entre outros assuntos a participação das mulheres na OAB/AC, com a proposta de mais inclusão e uma gestão participativa

Com a defesa de uma gestão mais transparente, inclusiva e participativa, o movimento “Sua Voz, Nossa Ordem” realizou na noite de quarta-feira, 6, um encontro com mulheres advogadas. A pauta principal: a participação da mulher no processo da tomada de decisões dentro da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC).

“Estamos aqui para discutir o papel da mulher na estruturação de um sistema que realmente nos represente na sociedade, com espaços garantidos. Hoje, por exemplo, temos somente 1 conselheira federal entre os 6 integrantes. Queremos inclusão de verdade e não somente participar da execução de atividades já planejadas. Queremos, sobretudo, respeito”, destacou a advogada Laura Sousa.

O encontro trouxe uma abordagem humanizada e participativa de temas sensíveis do meio jurídico, dando voz aos anseios e projetos da mulher advogada relacionados à OAB/AC, bem como promoveu não só a integração das mulheres advogadas, como também de toda a classe da advocacia, possibilitando a mobilização e a discussão política em torno dos rumos futuros da Ordem.

Uma das participantes do evento, Helcinkia Albuquerque destacou que “o papel da mulher advogada deve ser muito além das atividades de execução, sendo imprescindível que sua voz seja ouvida na elaboração de projetos e no planejamento institucional.”

Em um clima harmonioso e adotando todas as medidas de segurança estabelecidas pelos órgãos de saúde, o evento contou com cerca de 150 pessoas e foi marcado pelo diálogo sério e responsável, expressando o anseio de um grupo de profissionais que se apresenta como oposição à atual gestão, defendendo que a OAB/AC seja uma instituição que possa representar todos os profissionais da área, o que segundo eles, não é o cenário atual.

“Nós precisamos que o sistema nos coloque em condições de igualdade com os homens. E quanto mais mulheres aderirem a esse movimento, muito mais nós seremos empoderadas. Também precisamos pensar nos jovens advogados que iniciam o exercício da profissão e que ainda não têm o suporte necessário dentro da Ordem”, ressaltou Socorro Rodrigues, uma das líderes do movimento Sua Voz, Nossa Ordem.

Sua Voz, Nossa Ordem

Buscando uma OAB mais inclusiva e transparente, o movimento Sua Voz, Nossa Ordem surgiu a partir da necessidade de pertencimento sentida por muitos advogados. Sobretudo da mulher advogada, tendo em vista que, hoje, a quantidade de profissionais credenciadas na OAB/AC é superior a de homens.

“Esse é um dia muito importante para que a mulher decida os rumos dentro do nosso sistema. A democracia ruirá se nós tivermos medo. Precisamos continuar avançando para que todos os advogados sejam tratados de maneira igualitária. Buscamos que a mulher esteja em lugar de destaque dentro do nosso sistema. É isso que eu desejo para cada advogada”, destacou Rodrigo Aiache, advogado líder do movimento Sua Voz, Nossa Ordem.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami