MPF: abre inquérito vai apurar omissão de casos durante a ditadura militar no Acre

Procedimento visa dar cumprimento à Recomendação da Comissão Nacional da Verdade sobre o tema

Ministério Público Federal (MPF) instaurou inquérito civil público para apurar omissão dos entes federados a respeito da publicização dos arquivos vinculados aos órgãos de repressão política no estado do Acre.

Segundo o procurador Regional dos Direitos do Cidadão, Lucas Costa Almeida Dias, responsável pelo procedimento, a Comissão Nacional da Verdade recomendou que, no âmbito dos estados brasileiros,  deve haver a localização e abertura dos arquivos dos órgãos vinculados à repressão política, em especial os acervos dos departamentos ou delegacias de ordem política e social (DOPS), promovendo seu recolhimento e tratamento técnico nos arquivos públicos e sua disponibilização no banco de dados do Arquivo Nacional.

Como providências iniciais do inquérito, foram enviados ofícios ao Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública do Acre e ao Comandante do 4º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS) requisitando informações sobre a guarda (localizaç ão e manutenção) e se há disponibilização ao público dos dados e arquivos dos órgãos vinculados à ditadura militar, em especial os acervos dos departamentos ou delegacias de ordem política e social (DOPS) no Estado.

O inquérito tem, ainda, um outro objetivo, segundo o MPF: a promoção da missão da Justiça de Transição, que é o fortalecimento do Estado Democrático de Direito, com o aprimoramento das garantias fundamentais  para que não se voltem a registrar violações em massa aos direitos humanos.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami