MP reúne autoridades de saúde e assistência social para debater o cuidado com idosos em situação de rua

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) por intermédio do Núcleo de Apoio e Atendimento Psicossocial (Natera), promoveu nesta quinta-feira, 5, reunião com representantes de órgãos federais, estaduais e municipal, além de instituições ligadas a saúde e assistência social, para debater e construir estratégias da execução da política de atendimento a pessoa idosa em situação de rua.

Na oportunidade, foi realizado estudo de caso da situação do senhor Raimundo Nonato Cardoso Nunes, que se encontra desde 2019 em condição de extrema vulnerabilidade nas ruas de Rio Branco.

O coordenador do Natera, Fábio Fabrício, relata que tem aumentado consideravelmente o número de idosos em situação de rua na capital acreana nos últimos anos, e enfatizou que é necessária a adoção de medidas de acolhimento e cuidado dos mesmos por parte das autoridades competentes.

“O Natera atende esse público em situação de rua e faz vários recortes. O caso do seu Raimundo Nonato é emblemático, é um entre tantos casos que temos nos deparado. Elegemos o estudo de caso dele para compartilhar informações e definir as medidas que serão adotadas para resolver a situação”, disse o coordenador.

Fábio Fabrício destacou que esses são casos complexos e de difícil resolução, em que muitas vezes os idosos não têm família e são até de outros estados. Ele esclarece que o encontro não foi apenas para buscar a resolução de um caso individual, mas que usaram esse exemplo para tratar de questões macro em relação à política de atendimento aos idosos, como por exemplo, a obrigatoriedade do serviço de acolhimento e a oferta de atendimento de saúde mental para este público.

Andréia Oliveira – Agência de Notícias do MPAC

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami