Moro: Violência contra mulher ocorre porque homem se sente intimidado

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou nesta quarta-feira que os homens costumam recorrer à violência por se sentirem intimidados e não aceitarem que as mulheres, em geral, são melhores.

“No início a gente pensava que eram necessárias políticas de proteção às mulheres porque elas são vulneráveis. Mas isso não é correto, isso não é verdadeiro. É o contrário. Nós precisamos de políticas de proteção a mulheres porque elas são fortes, elas estão em maior número. Nós homens temos que reconhecer que, em geral, elas são melhores do que os homens”, disse Moro.

Para o ministro, a crescente emancipação feminina tem deixado os homens inseguros. “Talvez nós homens nos sintamos intimidados, talvez nós homens percebamos que o mundo está mudando e, por conta dessa intimidação, infelizmente, por vezes, nós recorremos à violência para afirmar uma pretensa superioridade que não mais existe”, afirmou.

As declarações do ministro aconteceram durante uma cerimônia para assinar um pacto com as três esferas dos Poderes para implementar políticas públicas para combater a violência contra a mulher.

A data foi escolhida porque a lei Maria da Penha completa 13 anos nesta quarta-feira. Ao iniciar a sua fala, o ministro fez questão de cumprimentar a procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Segundo Moro, ela “bem ilustra as mulheres fortes, empoderadas”. “É muito bom ter uma procuradora-geral da República mulher”, disse. A PGR tenta a recondução para o cargo.

Também participaram do evento o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Tofolli, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, além de deputadas e senadoras.

Valor

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami