Medo de perder faz adversários de Mazinho Serafim se juntarem em Sena Madureira

Historicamente, as eleições municipais em Sena Madureira são marcadas por disputar acirradas, com militantes e candidatos disputando voto a voto e, como se diz no jargão dos campos de pelada, “do pescoço para baixo é canela”.

Este ano não será diferente.

O processo iniciou com a apresentação de várias pré-candidaturas a prefeito, mas se afunilou para ter apenas duas competitivas.

Uma, obviamente, é do prefeito Mazinho Serafim (MDB). A outra é a do líder do governador na Assembleia Legislativa, Gehlen Diniz (Progressistas).

Dono de um estilo forte de administrar, Mazinho Serafim vem conseguindo fazer uma administração que colocou as contas públicas em ordem e executou obras que lhe credenciam um segundo mandato.

Mazinho trabalha com pesquisas. Tem levantamentos internos que lhe asseguram confortável margem sobre os seus adversários. Talvez seja essa folga que tenha despertado ataques contra a sua administração.

Consultado sobre os ataques e as denúncias, o prefeito respondeu: “Estão desesperados. Irão me atacar mais. Eu responderei com muito trabalho, pois o que sei é trabalhar”.

O desempenho do prefeito é aprovado pela maioria da população. Isso é o que aponta os levantamentos internos. Somente isso justifica a junção de forças do seus adversários em torno de um candidato que, em tese, teria apoio do governador Gladson Cameli.

As demais candidaturas foram retiradas, num recuou que não tem outra explicação que não seja o receio de serem derrotadas.

Gehlen Diniz nunca escondeu que a sua real pretensão era concorrer à prefeitura. Deixou as coisas fluirem para se colocar como polo aglutinador no momento certo.

Diniz terá como vice a ex-prefeita tucana Toinha Vieira. Também contará com o apoio da presidente estadual do PTB, Charlene Lima, que recentemente foi presa sob a acusação de tenta subornar servidor público federal.

As eleições em Sena Madureira este ano prometem.

Mazinho Serafim que se cuide. Segundo informações, o jogo será bruto. Há uma orquestração para lhe tirarem da prefeitura, que conta até com lideranças do seu partido.

E gente desesperada é capaz de tudo.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami