Mais de 60 membros de facções criminosas foram presos no Acre

Por Marcelo Torres

A Polícia Civil em consonância com a Policia Militar, o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público e o Instituto de Administração Penitenciária (IAPEN), deflagraram a operação Hemólise e prendeu 69 pessoas suspeitas de integrar o Comando Vermelho.

A operação foi desencadeada em cinco cidades acreana: Rio Branco, Sena Madureira, Porto Acre, Porto Walter e Plácido de Castro, e contou com a colaboração de 200 agentes de segurança que cumpriram 101 ordens judiciais, desde as primeiras horas desta quarta-feira, 24.

O principal alvo são os chamados frente de bairro, ou seja, o criminoso responsável por cobrar mensalidade dos faccionados, cuidar das bocas de fumo e extorquir comerciantes em troca de segurança às lojas.

“Quero agradecer o envolvimento de todos os parceiros nesta missão. Nossos cidadãos estamos mais seguros após o alto número de mandados cumpridos. É claro que a gente não para, e continuaremos firmes no enfrentamento a criminalidade”, declarou o secretário de Segurança Pública, Paulo Cézar.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami