HomeAGÊNCIA BRASILLiderança brigadista é assassinado no Tocantins

Liderança brigadista é assassinado no Tocantins


Um brigadista referência na Ilha do Bananal, em Tocantins, foi morto a tiros na porta da casa da irmã no sábado (15), antes de começar a temporada de combate ao fogo na região. Em nota, o Ibama lamentou a morte de Sidiney de Oliveira Silva, mais conhecido como Nenê. Ele era presidente da Associação de Brigadistas da Brigada Federal Nordeste.

Segundo o Ibama, Sidiney atuou nos últimos anos em combates a incêndios florestais e seria contratado novamente neste ano. Sidiney era um forte defensor do meio ambiente na Ilha do Bananal e isso pode ter atraído inimizades contra ele, acredita o diretor da Associação de Servidores do Ibama, Wallace Lopes.

“Ele passou a ser uma referência na região. A gente sabe que ele era uma pessoa que defendia muito, denunciava sempre os crimes ambientais, tanto para o pessoal da fiscalização, como para o Ministério Público, para a polícia. Então, ele era uma pessoa que tinha muitas inimizades ali.”

Wallace alerta para um conflito entre a proteção ambiental e a pecuária irregular na ilha do Bananal. Ele conta que em 2007, centenas de milhares de cabeças de gado foram retiradas de lá, mas a volta foi permitida depois de um acordo com o Ministério Público.

“Mediante um projeto de manejo, já com um acordo estabelecido entre as comunidades indígenas, só que isso foi perdendo esse controle. Então hoje a gente tem uma ilha do Bananal praticamente toda cercada por pastos, por cercas, coisas que não tinham há poucos anos atrás. Então é uma região que tem sim um conflito social ocorrendo nesse momento.”

Nós procuramos a Secretaria de Segurança Pública de Tocantins, mas não conseguimos contato.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

vale a leitura