Léo do PT e Pedro Longo devem assumir mandatos dos cassados Manuel Marcos e Juliana Rodrigues

Nem Railson Correia nem Tião Bocalom.

Professor de matemática, aliás, Bocalom fez as contas totalmente erradas.

Com a cassação dos mandatos de deputado federal de Manuel Marcos e de deputada estadual de Juliana Rodrigues pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as vagas serão preenchidas pelo petista Léo do PT e o verde Pedro Longo.

Manuel Marcus e Juliana Rodrigues foram cassados por unanimidade.

O relator do processo, ministro Edson Fachin, apontou uma série de irregularidades cometidas pelos cassados para comprar votos.

Léo do PT assumirá porque a sua coligação teve a maior sobra nas eleições de 2018.

Fachin, no entanto, queria manter os votos válidos, mas o ministro Alexandre Morais abriu divergência e criou um debate entre os membros da corte.

Se anulassem os votos, os ministros iriam contra a própria resolução da corte. Diante do impasse, os ministro optaram por não conhecer os recursos interpostos pelos suplentes Railson Correia e André Vale, mantendo a decisão do Tribunal Regional Eleitoral na íntegra.

Veja os cálculos:

O professor de matemática Tião Bocalom terá que aprender a fazer contas para não errar no futuro.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami