Leo de Brito apresenta no MPE e MPF denúncias de corrupção no governo Gladson Cameli

Leo de Brito apresenta no MPE e MPF denúncias de corrupção no governo Gladson Cameli

O deputado federal Leo de Brito (PT-AC) protocolou nesta quinta-feira, 3, representações no Ministério Público do Estado do Acre (MPE) e Ministério Público Federal (MPF), com um conjunto de denúncias de corrupção envolvendo o governo Gladson Cameli.

As acusações versam sobre o possível desvio de verba pública de mídia, através de contrato emergencial feito pela Secretaria de Estado de Comunicação; superfaturamento na compra de cestas básicas, pela Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres; superfaturamento na aquisição de computadores pela Secretaria de Estado de Educação e Esporte; e desvio de verba da merenda escolar.

No caso dos computadores, teriam sido utilizados mais de R$ 10 milhões em verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), conforme Relatório do Tribunal de Contas do Estado que constatou irregularidades e superfaturamento.

O documento determinou a anulação dos atos relacionados à ordem de entrega dos equipamentos, que o secretário de Estado de Educação Mauro Sergio Ferreira da Cruz proceda a devolução do valor referente ao superfaturamento da compra no valor de R$ 2,4 milhão, e ainda a aplicação de multa.

Em relação às cestas básicas, teriam sido adquiridas 365 unidades por R$ 135,00 cada uma. Segundo a denúncia, o valor estaria cerca de R$ 52,43 acima do praticado nas redes de supermercados locais.

Algumas dessas denúncias foram feitas pelo vice-governador do Estado, Major Rocha, em suas redes sociais e noticiadas pela imprensa acreana.

O parlamentar pede a instauração de inquérito civil para apurar ato de improbidade e crime contra a administração pública praticado pelo governador do Acre.

“Essa é só uma parte das denúncias, pois, outros escândalos estão sendo apurados no DEPASA e na Secretaria de Saúde. Em dois anos, a maior marca do governo Gladson são os escândalos de corrupção. Como parlamentar, vou cumprir com meu papel de fiscalizar”, disse o deputado federal Leo de Brito.

Entre os documentos apresentados junto às representações, está o Relatório de Análise Técnica do Tribunal de Contas do Estado do Acre, matérias veiculadas em sites e jornais de circulação local e prints de publicações feitas em redes sociais.

Assessoria

Leonildo Rosas

Related Posts

Secretário de Saúde admite concurso de cartas marcadas no interior do Acre

Secretário de Saúde admite concurso de cartas marcadas no interior do Acre

Deputado Leo de Brito denuncia Bocalom no MPE e no TCE por dispensar licitação para contratar, por R$ 600 mil, produtora que fez a sua campanha

Deputado Leo de Brito denuncia Bocalom no MPE e no TCE por dispensar licitação para contratar, por R$ 600 mil, produtora que fez a sua campanha

Fura fila? Listas de vacinados na rede particular apontam possíveis irregularidades

Fura fila? Listas de vacinados na rede particular apontam possíveis irregularidades

Em tempo de guerra e crise, empresa PAS fatura milhões na elaboração de projetos para o governo do Acre

Em tempo de guerra e crise, empresa PAS fatura milhões na elaboração de projetos para o governo do Acre

1 Comment

Deixe uma resposta